Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415773
Ano: 2016
Páginas: 256
Tradutor: Cássia Zanon

Sinopse
Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.

Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal
para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

Impressões

Este é um daqueles livros que me deixou dividida, eu estava igualmente animada e aterrorizada com a ideia de lê-lo. Tanta coisa poderia dar errado… Mas eu gostei da direção que a autora tomou e isso foi uma alegre surpresa, pois mesmo ansiosa para conhecer o passado e o futuro de Tripp, temia que ao conhecer os fatos me fizesse começar a odiá-lo, mas a ambiguidade de sentimentos continua, pois o personagem me intrigava, mas eu não estava tão animada para ler sobre Bethy, eu também tenho sentimentos conflitantes em relação a ela, mas a Abbi me fez amá-la. Eu amo uma boa história de segundas chances no amor.
Esta história começa exatamente após o final de Mais uma chance. Tripp está de volta a Rosemary Beach e Bethy ainda está sofrendo com a perda e culpa por perder Jace, mas todos nós sabemos que tem que haver mais na história.
A trama é contada entre passado e presente, e isso é incrível para o leitor que acompanha a série, pois nos dá a chance de conhecer o passado dos personagens que já nos cativaram. Eu sempre gostei da história de Tripp, e não consegui resistir a sua boca suja, as suas demonstrações de paciência e todo o seu instinto protetor em relação à Bethy.
Bethy está lidando com a trágica perda de Jace, o menino que salvou sua vida de muitas maneiras. Ela está lidando com muita culpa e Tripp se torna o cara mais protetor / dedicado a ela em Rosemary Beach. Ele só quer estar perto dela, porque embora ele tenha ido embora por tanto tempo, ela é e sempre foi seu grande amor. Tripp se manteve afastado por achar que ela tinha ficado com o cara melhor do que ele, mas assistir a dor e a angústia que ela está sentindo agora é algo com o qual ele não consegue lidar.
Bethy é uma personagem difícil de amar. Acho que a maioria de nós a amava quando ela exibia uma personalidade mais descomplicada. Sim, ela tinha um comportamento excessivo, querendo que todos a vissem como fácil, quase promíscua, mas eu ainda a amava. Então ela se encontrou e se apaixonou por Jace e eu adorei a conexão estabelecida entre eles, alguém finalmente enxergou por trás da máscara extravagante que ela usava e eu não poderia ter ficado mais feliz. Então, do nada, Jace se foi e eu fiquei com o coração partido por essa mulher tão jovem. Eu também fiquei devastada pela morte prematura Jace, e como Woods eu culpei completamente a Bethy.
Em contrapartida, sempre admirei Tripp. Este cara mais velho dono de uma personalidade impressionante, dirigindo uma Harley, ele abandonou a vida de riquezas para trabalhar como um barman e o melhor de tudo rompeu completamente com a família em troca de sua liberdade e se manteve afastado de todos. Tripp sempre foi um mistério, mas então a autora nos presenteia com essa trama e nos mostra muito do que ele foi no passado,seus motivos para ter partido e seu antigo relacionamento com Bethy.
Bethy e Tripp vêm de mundos diferentes, mas tinham uma conexão que nenhum dos dois poderia negar. Adorei como Tripp queria cuidar de Bethy e protegê-la, e eu adorava como ela estava tão apaixonada por ele que confiava nele com seu coração. É uma amostra perfeita do amor jovem em seu melhor aspecto, puro e inocente.
Eles passaram um verão incrível e então tudo desmorona sem aviso prévio, Tripp vai embora sem olhar para trás e Bethy fica tentando descobrir como seguir em frente. Então aprendemos sobre o passado dos dois e chegamos ao presente. Acho que esta é a parte mais difícil da história, mas Abbi fez um grande trabalho ao resgatar a personagem perdida em que Bethy se tornou. Eu realmente senti pena dela, sua mágoa e culpa era tão tristes de acompanhar, mas apesar do meu coração doer por ela, acha que precisava ver seu amor por Jace e sua culpa e sofrimento depois da atitude inconsequente que tomou e esta resultou na morte do primeiro homem que a amou de volta. Então temos Tripp tentando protegê-la e amá-la novamente depois de todo esse tempo.
Tripp e Bethy têm um longo caminho a percorrer para reparar os danos causados, mas Tripp é determinado e Bethy só consegue suportar seus avanços por algum tempo – graças a Deus! Porque Tripp é o cara mais doce com a boca mais suja que já conheci.
Eu não tinha certeza como me sentir sobre este livro. Eu estava dividida entre ansiedade e temor, porque eu amei Tripp durante toda a série e no começo disso tudo também amava a menina quebrada que se tornou a melhor amiga de Blair em Paixão sem Limites. Enquanto a série progredia, Bethy continuava a me encantar, e então com a morte de Jace eu comecei a cansar um pouco da sua atitude. No entanto, eu sou um grande fã da narrativa da Abbi e eu preciso ler todos os seus livros, então, naturalmente, eu me joguei nessa história . Para todas as pessoas que têm medo de ler este livro, ele não é o melhor da série e vale o seu tempo e vai te emocionar profundamente.
Esta não foi uma trama fácil para Abbi, mas no final eu virei Team Tripp e Bethy e recomendo a leitura do livro se você é um fã da série.

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 38 anos,técnica de enfermagem,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por Outlander,literatura erótica,romances de época, romances históricos e chick Lit.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editoras parceiras

Confesse na Amazon !!!

Romances de Época na Amazon

PageRank