Back to top

[Resenha] Use-me de Kimberly Knight !!!

Edição: 1
Editora: The Gift Box
ISBN: 9788552923039
Ano: 2018
Páginas: 300
Tradutor: Martinha Fagundes

A vida de Rhys Cole sempre girou em torno do hóquei. Ele sempre soube que quando crescesse jogaria na NHL, mas quando seu sonho de ser convocado não aconteceu, escolheu uma segunda opção: tornar-se jornalista esportivo para uma emissora local de TV. Porém, assim como nos esportes, às vezes se ganha e outras se perde. Ao flagrar a namorada na cama com um estranho, Rhys vai até o bar próximo à sua rua para esfriar a cabeça. 

Após trabalhar como repórter de rua, cobrindo histórias em condições meteorológicas extremas, e trabalhando até tarde, Ashtyn Valor é promovida a principal apresentadora do noticiário da noite. Após se estabelecer na carreira, Ashtyn está pronta para dar o próximo passo na vida com o namorado. No entanto, quando ele, inesperadamente, rompe o namoro, Ashtyn decide adormecer a dor no bar mais próximo. 

Rhys e Ashtyn esperavam que uma noitada, alcoolizados, mascarasse a dor daquela noite de Outubro. O que não esperavam era encontrar alguém que pudesse ampará-los da escuridão de suas mágoas. 

Ou que o passado de ambos se entrelaçaria… perigosamente.

Quando a obsessão se torna perigosa, Ashtyn busca segurança em Rhys. Mas o quão seguro, de fato, eles estão?

O jogo do amor nunca para… 
E o deles… estava apenas começando.

Impressões

Este foi um romance contemporâneo muito sexy, romântico e completamente adorável! 
Use-me é uma mistura tão deliciosa de humor, hóquei e luxúria! E mesmo que essa mistura seja digna de muitos suspiros, também fala sobre vários tópicos penosos, como assédio moral e perseguição, e como sempre será mais fácil para uma garota recusar um cara dizendo que tem um namorado, do que apenas dizendo não.
A trama é ambientada em Chicago e os protagonistas são dois âncoras de segmentos muito diferentes do jornalismo cujos caminhos se cruzam por completa fatalidade. Outra coisa que eu realmente amei nesse livro é que os protagonistas estão na faixa dos 30 anos e são pessoas normais que se divertem e estão focados em suas carreiras e não sentem vergonha por não terem formado uma família ainda. No entanto, ambos estão pensando em casamento, por razões muito diferentes.
O início desta história é relativamente familiar, são dois estranhos se encontram em um bar, afogando suas mágoas após o fim inesperado de seus relacionamentos, mas é o que acontece depois que muda tudo e faz com que a narrativa seja tão incrível e gostosa de acompanhar, Rhys e Ashtyn deixam evidente ao leitor que têm algo especial.
Ashtyn é apaixonada pelo jornalismo! Ela agora é a principal âncora de notícias do seu noticiário noturno local e é super popular entre a comunidade! Ela tem um futuro muito brilhante pela frente.
Rhys é obcecado por hóquei! Ele jogou grande parte de sua vida, mas nunca se tornou profissional, então ele decide se dedicar a algo próximo ao esporte e se torna um pouco famoso por ser o jornalista esportivo local.
O romance é maravilhosamente desenvolvido. Começa com uma mistura de relacionamento por conveniência e apenas uma relação falsa, e foi além de reconfortante ver esses dois progredindo de forma lenta, porém intensa, descobrindo uma ao outro e o que sentiam.
A única coisa negativa que eu vou preciso pontuar é que algumas situações pareciam um pouco exageradas para mim. Eu entendo totalmente que este é um livro, então eu não sou tão dura quanto um juiz quando se trata de realismo, mas alguns acontecimentos foram um pouco demais para mim. O antagonista ao casal foi daqueles que você odeia desde o início. Ele usa termos homofóbicos e machistas que me deixaram realmente revoltada. 
Kimberly insere no texto comentários e insultos homofóbicos, trapaça, perseguição, intimidação, tentativa de estupro e um pouco de violência, mas nada muito explícito, e todos esses elementos rivalizam com o romance, porém no final há um equilíbrio, o que torna a narrativa da autora ainda mais rica e viciante.
No geral, esta foi uma leitura extremamente agradável! Se vocês procuram clima romântico com toques de perversidade, por favor, escolha Use-me! 
Uma história muito bem escrita, onde o leitor se vê apaixonado pelos protagonistas e extremamente envolvido em suas vidas, e louco para desvendar um mistério que no final se mostra completamente cativante.

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 39 anos,técnica de enfermagem,militar,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por Outlander,Romances de época e históricos,Young Adult , Literatura erótica, e chick Lit.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *