mar da tranquilidade

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413250
Ano: 2014
Páginas: 368
Tradutor: Carolina Alfaro

Sinopse

Nastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.

 

A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém. Quando o seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida.

À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde – ou se é isso mesmo que ele quer.
Eleito um dos melhores livros de 2013 pelo School Library Journal, Mar da Tranquilidade é uma história rica e intensa, construída de forma magistral. Seus personagens parecem saltar do papel e, assim como na vida, ninguém é o que aparenta à primeira vista. Um livro bonito e poético sobre companheirismo, amizade e o milagre das segundas chances.

 

Adicione a sua estante no Skoob

Adquira o seu

 

Impresões

A voz da minha mãe. É a primeira coisa de que me lembro depois de abrir os olhos.Minha menina linda.Você voltou para nós.

Mas ela estava enganada.”

 

Nastya foi morar com a sua tia em outra cidade para fugir das lembranças do terrível ataque que sofreu há três anos, ela não quer mais ser o objeto de piedade das pessoas e precisa ir a um lugar onde ninguém a conheça.

 

A dor é constante, continua, interminável.É a única coisa que eu sei.”

 

 

Josh Bennet também é alvo de fofocas, mas ele se esconde atrás de sua atitude agressiva e ninguém em sua escola mexe com ele.

Os dois têm traumas e atitudes diferentes de todos na escola, ela com roupas pretas mínimas e muita maquiagem e ele se distanciando de todos, e acabam se conhecendo e sendo o alento um do outro.

Mar da Tranquilidade é narrado em primeira pessoa, alternando os pontos de vista de Nastya e Josh.

A protagonista não aguenta mais ver sua família desmoronar por causa dela, ninguém entende que ela não vai melhorar que ela morreu naquele ataque, mas foi trazida de volta contra a sua vontade, só que a menina que ela era realmente morreu. Nastya parou de falar e só se comunica esporadicamente por mensagens e bilhetes. Sua tia Margot a aceita e ela vai morar em sua casa, pois assim em uma nova cidade, em uma nova escola, Natya vai poder fazer tudo para esconder seu segredo e todos os sentimentos que a assombram, para isso ela se veste de forma provocante e exagera na maquiagem, para esconder o que está abaixo da superfície e para que ninguém a enxergue de verdade. Mas mesmo tentando afastar a todos a sua volta , ela acaba fazendo amigos, Drew  o cara gatinho e super galinha,mas que é engraçado , com quem ela não quer nada ,mas ele é tão divertido que Nastya acaba não resistindo e ainda a família dele que a acolhe e esses pequenos períodos de normalidade fazem tão bem a ela,que é impossível se distanciar, e ainda tem Josh, o carinha caladão e que parece ter um segredo tão ruim quanto o dela, e os dois acabam ficando amigos, mesmo que seja de uma forma bem  tosca  e meio forçada, porque Nastya gosta muito de passar seu tempo na garagem dele,e entre palavras não ditas, conversas unilaterais e algumas confissões, os dois se envolvem,mas nenhum deles quer isso,na verdade só querem uma fuga da triste e desoladora realidade dos dois.

Eles fazem muito bem um ao outro, mas Nastya acha que está arruinada e não consegue lidar com o que está sentindo e muito menos com o que Josh sente por ele e acaba fugindo de tudo, mas o amor realmente os redime, mas ela vai ter que encontrar um caminho que a leve de volta a vida e a felicidade que ela acha que não merece.

Demorei demais a ler esse livro e só posso lamentar todo o tempo em que fiquei sem vivenciar essa história linda, sim, cheia de lugares escuros, dor, perdas, mas também de perdão, recomeços e principalmente de aprender a deixar o passado para trás e se permitir ser feliz.

 

Eu a abracei de volta, pois era o meu único jeito de agradecer a ela por me deixar continuar com ele sem ter que brigar por isso.Ela não iria dificultar as coisas, e eu precisava desesperadamente de algo na vida que não fosse difícil.”

 

Nem preciso dizer o quanto esse livro mexeu comigo, a autora nos mostra e nos faz sentir o sofrimento de forma crua dos dois personagens, mas mantém o mistério, e você pode estar achando que é um livro pesado, mas não, a forma como ela vai encaminhando os personagens para uma realidade mais leve e para o amor é incrível de acompanhar, ela não nos promete um felizes para sempre, mas nos presenteia com um final mais crível, onde a felicidade existe, mas não apaga tudo de ruim que já aconteceu, mas deixa tudo mais suportável.

Livro imperdível para todos os tipos de leitores, mas aviso, vocês vão se envolver demais com a trama e vão se emocionar como nunca imaginaram.

 

quote mar da tranquilidade 2

 

Livro gentilmente cedido por

arqueiro

 

 

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 36 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,históricos e chick Lit.

 

 

assinatura.fw

13 respostas a [Resenha] Mar da Tranquilidade de Katja Millay !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editoras parceiras

Romance Histórico na Amazon
PageRank