Back to top

[Resenha] Ligeiramente Casados de Mary Balogh !!!

 

ligeiramente casados

 

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413212
Ano: 2014
Páginas: 288
Tradutor: Ana Rodrigues

Sinopse

À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar!. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.

Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela… a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.

Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados…

Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página.

Adicione a sua estante no Skoob

Adquira o seu

 

Custe o que custar !

O eco dessas palavras ditas pelo homem à beira da morte ressoava nos ouvidos do coronel. O que poderiam significar? O que exatamente ele jurara fazer?”

 

Ligeiramente casados é o 1º volume da Série Os Bedwin, um romance de época que nos conta a história de Aidan e Eve, dois desconhecidos que acabam ligados por uma obrigação.O Coronel Aidan Bedwyn vai até Eve Morris no Solar Ringwood, cumprir uma promessa que fez ao  irmão dela, o Capitão Percival Morris, em seu leito de morte . Os dois são completamente opostos e Aindan esperava cumprir rapidamente seu dever e sem muitos transtornos, mas ele não imaginava no que estava se envolvendo quando cumpriu a palavra que deu ao seu soldado.

 

Fizera tudo como se estivesse em um sonho.Mas a terra se movera durante aqueles poucos minutos.Algo grandioso,irrevogável e irreversível acontecera.”

 

São 286 páginas divididas em  um prólogo e 23 capítulos, a história é toda ambientada na Inglaterra no ano de 1814, durante a guerra contra a França e a Napoleão,narrado em 3° pessoa apresenta um lindo romance de época.

Coronel Aidan vem de uma família nobre de Londres. Porém, passa boa parte de sua vida em meio a guerras. Ele cumpre suas promessas e protege a quem é fiel, já Eve Morris é uma mulher de espírito forte, e profundamente bondosa, após a morte do pai, e com o irmão na guerra, ela acolheu em sua residência pessoas que eram renegadas, e se dedicavam completamente à Eve, fazendo qualquer serviço que parecesse útil na casa, ela também  adotou duas crianças órfãs e fez deles seus próprios filhos,apesar de toda a bondade Eve não é nada frágil e faz de tudo pelo Solar e pelas pessoas que dependem dela.

Ele não podia negar que se sentia encantado pela esposa.Ela era uma promessa de primavera desabrochando no solo árido do inverno da vida dele.Não… talez uma promessa.Não havia futuro para eles…”

 

Eve espera por seu irmão e não um mensageiro de sua morte, pois sem Percy  e sem estar casada ,Eve poderá perder sua tão amada casa para seu odioso primo,mas Aidan prometeu protegê-la a qualquer custo  e propõe que eles se casem,um casamento de conveniência que beneficiaria aos dois, mas o  irmão mais velho de Aidan, o Duque de Bewcastle, acaba descobrindo  e  não aceita o acordo feito entre Eve e Aidan. Ele exige que ela seja devidamente apresentada não só à rainha, mas a toda nobreza que a família faz parte. E neste jogo de poder, o Duque de Bewcastle quer a todo custo honrar o nome da família, Eve e Aidan acabam se envolvendo e começam a perceber que o casamento de conveniência poderia ser uma doce realidade..A entrega dos dois é lenta e reticente,e os levará a lugares que eles nunca imaginaram.

 

Era bem possível,pensou Eve de repente, que ela estivesse se apaixonando pelo marido.”

 

Apesar de achar o romance dos protagonistas um pouco frio demais,a autora soube como levar a trama,com personagens fortes e críveis,sem longas descrições ,mas ambientando o leitor na época descrita.Os personagens secundários são uma atração a parte,meio loucos e completamente estranhos deixam a história mais divertida.Ligeiramente Casados nos conquista aos pouquinhos,devagar,como o romance de Eve e Aidan,mas de forma definitiva.

Um pouco mais lento que os romances de época que a Editora Arqueiro lança,mas que merece um lugar na estante dos amantes do gênero,e será admirado não só por eles,mas todos que queiram um livro fácil e gostoso de acompanhar.

Livro gentilmente cedido por

arqueiro

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 36 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,históricos e chick Lit.

 

assinatura.fw

Comentários

  1. Bia quero ler esse livro já, amei a resenha e sou apaixonada por livros que envolvem casamento arranjado com essa coisa de amor construído e tal.
    <3

    Reply
  2. Oi Bia, eu amo romances de época e estou adorando todos os lançados pela Arqueiro.
    No caso deste livro, como falei em minha resenha eu estranhei um pouco a escrita da autora, e o casal principal apesar de serem personagens cativantes, não conseguiram me empolgar, não consegui me encantar por eles. Adorei sua resenha. Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Reply
  3. OI, tudo bem?
    Adoro romances de época, mas confesso que prefiro os super fofos e lindos, rs. Pela sua resenha, esse realmente pareceu mais frio que os recorrentes da Arqueiro, mas mesmo assim quero ler e conhecer
    beijos

    Reply
  4. Olá. Sou apaixonada por romances de épocas, mas a premissa desta série não me cativou. Mas quem sabe eu não mude de ideia em breve rsrs. Principalmente por achar a capa muito linda.
    Parabéns pela resenha e muito sucesso.

    Reply
  5. Oi Bia, sua linda, tudo bem???
    Saudades de você!!!!!!!!
    Sabe que sou apaixonada pelos romances de época como você e estou montando minhas coleções da Arqueiro. Todo mundo estava com altas expectativas sobre esse livro. Tudo em pode ser um pouco lento o romance, mas olha a força dessa mulher, olha tudo o que ela faz pelos outros, olha a honra desse homem, que acetia se casar com ela para não só ajudá-la, mas também a todos que ela salvou. Te como não se apaixonar por eles???
    Eu quero!!!!!!Eu quero!!!!!!
    Adorei!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Reply
  6. Eu amo romances de época e com todos esses livros maravilhosos que a arqueiro está lançando eu vou acabar indo a falência é um melhor que o outro e você me deixou morrendo de vontade de ler esse porque eu adoro personagens meio loucos e acho que vou achar bem interessante(e frustrante) o fato deles não se apaixonarem logo de cara porque torna o romance um pouco mais real.
    Beijos

    Reply
  7. Oi, flor!
    Já firmei comigo mesma o pacto de que lerei esse livro e pronto (rs). A verdade é que a cada resenha que lia tinha uma impressão diferente: positiva, meia-boca e negativa. Entendo que esse livro possa ter um ritmo um pouco lento e o casal possa nem convencer muito o leitor, mas acho que vale a pena ler, como você mencionou.
    Espero gostar.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    Reply
  8. Oi, Bianca!
    Sempre vejo resenhas sobre esse livro e sempre me esqueço de coloca-lo na minha lista de desejados. Mesmo não gostando de romance de época tem algo nele que me atraiu. Gosto bastante de romance e acho que estou numa fase apaixonada onde quero ler todos os romances que vejo pela frente, mas estou evitando para não enjoar muito do tema.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *