Back to top

[Resenha] Lady Susan de Jane Austen !!!

lady susan

 

Edição:
Editora: Pedrazul Editora
ISBN: 9788566549102
Ano: 2014
Páginas: 111
Tradutor: Stephanie Savalla

Sinopse:

Lady Susan, uma obra epistolar curta, porém completa, conta a história de uma viúva sedutora e manipuladora de, aproximadamente, trinta e cinco anos de idade. Sua conduta é, aparentemente, irrepreensível, como se esperaria de uma perfeita dama. Dotada de grande beleza, com modos encantadores e supostamente sensíveis, ela consegue desarmar até mesmo aqueles que estão familiarizados com boatos sobre sua má reputação. A relação com a filha, Frederica, uma jovem tímida e submissa, parece ser destituída de qualquer afeição, pois a mãe a trata como mais uma peça em seu jogo maquiavélico, planejando casá-la contra a própria vontade. O livro é um convite ao interior da mente de uma mulher astuta e maliciosa, habituada a brincar com os sentimentos alheios sem nenhuma pitada de remorso.

Adicione aos seus desejados no Skoob 

Adquira o seu : Submarino  | Americanas 

 

Impressões

Eu além de ter demorado muito a ler esse livro, já o li há bastante tempo, mas tenho sentido a necessidade de externar meus sentimentos em relação à Jane Austen em forma de resenha, pois nunca o fiz, e então resolvi começar por Lady Susan.

Este é um livro muito inteligente, de fato. Completamente diferente do resto da obra de Austen, não é o tipo de livro que você imagina que uma adolescente possa ser capaz de escrever. Para conceber o caráter de uma mulher de 35 anos e o modo como ela usa do seu poder de sedução para uma menina de 19 anos de idade, que era a idade que Jane tinha quando terminou de escrever, demonstra seus notáveis poderes de observação e dedução. E isso devia ser excessivamente difícil no muito mais resguardado século XVIII do que agora onde tudo o que precisamos saber está exposto em todo tipo de mídia.

Ao contrário dos outros livros de Austen, Lady Susan não é de forma alguma uma comédia de costumes, e sim uma descrição sincera da manipuladora e caprichosa Lady Susan.

A personagem que dá nome ao livro é uma viúva bonita e muito charmosa cujo maior prazer na vida é ter privilégios sobre todas as outras mulheres e atrair os seus maridos e pretendentes, não importa que idade eles tenham. Como uma viúva, ela não precisa parar de flertar e fazer promessas infundadas sobre o futuro Ela é um escândalo onde quer que seja convidada, pois os homens não conseguem resistir a ela.

Ela tem dois objetivos principais, um deles é conseguir para sua insípida filha, por quem não tem sentimento algum, um homem muito rico para casá-la o mais rápido possível e não menos importante é conseguir um casamento vantajoso para ela mesma.

A forma narrativa é absolutamente brilhante, delineando o caráter da personagem por meio de cartas. Neste livro epistolar o leitor vai percebendo em cada carta as particularidades e conhecendo a percepção e o julgamento de Lady Susan e a forma como Jane faz isso é magnífica e pode ser considerada uma das melhores composições literárias da autora. As questões morais que ela traz são adaptadas para o caráter do escritor das cartas. Algumas delas são de admiração e incentivo, outras ela o faz de modo falso por querer alegar interesse em suas chatas vidas no campo e algumas são completamente desaprovadoras onde ela tenta se proteger da filha que não pode revelar a mãe fria, desprezível e cruel que tem.

Este é um livro muito curto, mas transborda de perspicácia, humor, maldade, julgamento e realismo. Ele é escrito em cartas, mas eu nunca me perguntei o que estaria acontecendo com os personagens. A autora expõe a alma nua e arranca o disfarce de Lady Susan, uma mulher que leva a manipulação e a ganância ao mais alto nível. Lady Susan faz tudo intencionalmente, e faz parecer completamente natural.

Ela é a expressão máxima do que uma sociedade que louva a forma e ignora substância merece. Vazia de compaixão, totalmente egocêntrico e hedonista, nunca preocupada com ninguém além de si mesma. Eu fiquei desejando que Jane Austen tivesse escrito um romance completo incluindo-a como um personagem e fiquei imaginando sobre seu casamento, sua viuvez e seu futuro e gostaria mais ainda de saber mais sobre sua resignada filha, Frederica, pois percebi muitas semelhanças dela com Georgiana Darcy. Frederica é uma jovem tímida e oprimida por sua mãe. O livro deixa implícito que ela recebeu seu final feliz. Espero que sim!

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 37 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,romances de época, romances históricos e chick Lit.

 

assinatura.fw

Comentários

  1. Oii,
    Ainda não li esse livro da autora, gosto muito da Jane Austen, acho que ela era muito talentosa e sempre criava protagonistas muito espirituosas, além de alfinetar a sociedade da época, que é exatamente o que parece que ela faz nesse livro, e isso deixa a leitura ainda mais marcante.
    fiquei bem curiosa com esse formato de livro em cartas escrito por ela.

    Bjs
    Aline Lima
    Semrpe Nerd

    Reply
  2. Olá Bia!
    Nunca li nada da Jane e toda vez que vejo uma resenha sobre os livros dela fico na aflição por ainda não conhecer a sua escrita. Pelo que entendi esse livro não se trata de um romance em si, mas sim uma crítica sobre a sociedade. Mostra o verdadeiro caráter de algumas pessoas e o que elas escondem. a história parece ser bem envolvente e cheia de mensagens.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    Reply
  3. Olá! Amo essa autoraaaaa, mas esse livro ainda não li! Confesso que me chamou muito a atenção a qualidade de sua resenha. Fiquei com mais vontade de ler e tirar minhas próprias conclusões…

    Beijos!

    Reply
  4. Oii, tudo bom?
    Lady Susan é o único livro da autora que não tenho e fiquei louca para lê-lo! Primeiro, por simplesmente amar a escrita da autora e segundo por sua resenha, que nos mostra que esta é uma obra diferenciada da autora, que mal posso esperar para conferir, diga-se de passagem! Jane era uma escritora ímpar e quero muito ler esse romance em formato epistolar ^^”

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    Reply
  5. Oi Bia.
    Infelizmente ainda não tenho Lady Susan, e lendo sua resenha fiquei mais triste ainda por não ter a obra.
    Amo Jane Austen, que pra mim foi uma mulher muito a frente de seu tempo e em minha opinião uma escritora extraordinária.
    Espero poder adquirir em breve e assim completar minha coleção dos livros dela.
    Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *