Intenso

 

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415193
Ano: 2016
Páginas: 272
Tradutor: Fernanda Abreu

Sinopse:

A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer.

Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga… Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro.

Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra.

Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?

Adicione aos seus desejados no Skoob

Adquira o seu: Amazon | Submarino | Americanas 

 

 

Impressões

Atenção spoilers do primeiro livro!!!

 

 

Quando conheci West e Caroline no primeiro livro, Profundo, caí de amores pela história deles, sua luta e sua jornada. Foi doloroso e até mesmo cruel, pois West estava cheio de mágoa… Mas também se permitia ter esperança, afeição e desejo.

Meu coração se quebrou em mil pedaços no final do primeiro livro. Quando Caroline e West se separam porque ele precisa voltar para a sua cidade para proteger Frankie de seu pai idiota. Caroline permanece em Putnam e ainda luta por sua liberdade, para poder se ver livre da indiscrição de ter sua intimidade espalhado pela internet sem o seu consentimento.

Dois meses e meio se passaram desde que West partiu para Silt, no Oregon. Eu realmente precisei lutar com a ambiguidade de sentimentos em relação ao ponto em que chegou o relacionamento dos protagonistas. Eles se despediram com amor, carinho e um pouco de esperança, mas o reencontro é recheado de dor, ódio, ressentimento, tristeza, saudade e muito arrependimento. Foi difícil acompanhar o desenrolar da reaproximação deles, a mente de West produzindo tantas desculpas e motivos para agir como um canalha e Caroline alternando entre a mágoa e a piedade. Foram páginas de sensações muito intensas e contraditórias. West não cansa de demonstrar que não quer Caroline em sua cidade, ao mesmo tempo em que sabe que ela é única que pode ajudar com sua irmã, ele é muito egoísta nesse momento, mas Caroline não desiste e expulsá-la da vida dele agora não vai ser tarefa fácil.

Neste ponto do livro o leitor consegue entender bastante o que fez West se tornar o que é sua família conturbada e com noções bem distorcidas, em uma cidade que sufoca todos os sonhos e possibilidades são os motivos para a dureza e autodepreciação que lhe são tão peculiares. Ele está tomado pela vergonha, pelo ódio de quem é e de onde veio e principalmente o que sua vida representa e o impedimento que ela é para ele ter tudo o que deseja e sonha.

West acredita que enquanto Caroline retrata o bem, o sucesso, a liberdade, ela em contrapartida, representa o mal.

Com tantas tragédias e problemas acontecendo, West finalmente consegue, ele magoa Caroline e a deixa com muita raiva, mesmo com todo amor que ela sente e sabendo perfeitamente que ele está fazendo isso de propósito, é difícil perdoá-lo. De certa forma o ocorrido foi um catalisador, um ponto de reviravolta para dois. Era a única maneira de West manter Caroline à distância emocionalmente e ainda mandá-la embora de sua cidade. Para fazê-la desistir. E sua reação foi exatamente a que West esperava.

Enquanto houve momentos em que eu não estava de acordo com as reações de Caroline, eu conseguia compreendê-la em parte. Ela é uma mulher que tem facilidade em perdoar e esquecer. Porque seu amor por West significa muito mais do que a dor que ele lhe causou. Aqui, nossa protagonista nos mostra a força que tem, mesmo com todos os motivos para ter se tornado amargurada e temerosa, ela confia no que sente e no amor dos dois e mesmo sem esquecer ou se humilhar ela segue em frente, valorizando o que há de bom em West e não os seus erros, e a gente percebe a diferença que isso faz para ele, pois Caroline é a primeira pessoa em sua vida a enxergar e valorizar suas qualidades e não o julgar por seus erros e defeitos. Mas o pobre West está completamente perdido , entre as responsabilidades com Frankie , em seu desejo de não repetir o passado , em seus sentimentos por Caroline e também atolado em culpa, ela tenta sobreviver e prosperar,mas isso é impossível em Silt.

Ele se sente preso nesta cidade. Submerso pelo peso das responsabilidades que lhe foram impostas. Ele apenas existe, sem viver de verdade. A única saída para ele é deixar Silt para trás com sua irmã, terminar a faculdade para que pelo menos uma única vez, sua família e seu passado não vençam.

West então retorna para Putnam. Determinado a prosperar e a construir uma nova vida para si e Frankie. Determinado a seguir em frente. Determinado a perdoar e esquecer e também a se manter afastado da mulher que ama e dos seus amigos , só que ele não esperava todo o carinho e suporte que irá receber e quando ele deixa todos os seus medos de lado e derruba a barreira que criou , percebe que sim, sua nova vida se encaixa na faculdade e que nem todos os seus planos iniciais eram o melhor para ele. Claro que ainda existem muitas dificuldade, seu relacionamento com a irmã é complicado, ele não quer se entregar mais ao que sente por Caroline, porém mais uma vez, o amor e a amizade são muito maiores do que os temores e pela primeira vez a vida de West fica um pouco mais tranquila e ele enfim pode evoluir e viver realmente.

A jornada de West e Caroline não foi fácil. Houve momentos em que fiquei com muita raiva, e assim como eles, de coração partido. Mas no final, a relação de West e Caroline foi fortalecida por todo o sofrimento e adversidades que passaram.

Esse livro é o complemento perfeito para o primeiro e a narrativa mexe profundamente com o leitor, não somente pelo aspecto romântico, mas por toda a intensidade das relações travadas nele, a autora nos mostra como as mudanças podem transformar tudo a nossa volta e como planos podem ser mudados sem que isso seja realmente ruim, muito pelo contrário, no meio do caos West finalmente se encontra e isso é uma lição para todos nós.

 

Livro gentilmente cedido para resenha por

arqueiro

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 37 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,romances de época, romances históricos e chick Lit.

 

 

 

assinatura.fw

5 respostas a [Resenha] Intenso de Robin York !!!

  • Olá Bia!
    Depois de ler as resenhas dos dois livros aqui no seu blog, fiquei desesperada para conhecer os personagens. A história parece ser bem intensa e conflitante. Amo livros assim, pois faz o leitor realmente entrar na história e participar de tudo com o personagens. São sentimentos que ficam marcados na gente.
    Amei a sua resenha e espero poder ler o livro em breve.
    Beijinhos!

  • Oi, Bianca!
    Me desculpe, mas morro de medo de spoilers por isso li a resenha só por cima mesmo.
    Ainda assim a história me pareceu bem… Intensa. Mesmo não sendo o meu gênero é uma boa dica.

    Beijinhos da Mady.

  • Taila disse:

    Oi Bianca,
    Como não li o primeiro livro, li meio por cima a resenha heheheeh
    Mas fiquei bem curiosa em relação a esse livro, pois tenho ouvido muito falar em vários lugares. Quero ler também!
    beijos

  • Francine Porfirio disse:

    Oi, flor!
    Não li essa duologia ainda, mas tenho imenso interesse nela. Isso porque o modo como o romance entre o casal começa traz um acontecimento atual: a pornografia de vingança. Enfim, deixando isso de lado, gostei de saber que esse segundo volume mantém a intensidade do primeiro, deixando o leitor com raiva e ainda torcendo pelo casal. Ao mesmo tempo, não é um bom momento para essa leitura. Eu estou numa fase chata de não aguentar “mimimi” dos personagens. Sabe? Quando eles se amam, mas hesitam demais? Pois é. Logo essa fase passa e acabo comprando ambos os volumes.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editoras parceiras

Confesse na Amazon !!!

Romances de Época na Amazon

PageRank