Back to top

[Resenha] Finalmente Você de Daisy Prescott !!!

finalmente você

Edição: 1
Editora: NVersos
ISBN: 9788584440108
Ano: 2015
Páginas: 320

Sinopse

Maggie Marion é uma mulher na faixa dos 40 anos que escreve artigos sobre gastronomia e agora está voltando à vida normal depois de um período difícil de sua vida, no qual teve de enfrentar um divórcio conturbado e a morte dos pais. Com a aproximação do reencontro de vinte anos da turma da faculdade, ela decide convidar quatro de seus amigos mais íntimos dessa fase de sua vida para passar um fim de semana em sua casa de praia na Ilha Whidbey. O que ela não esperava era que, neste reencontro, seus melhores amigos, o artista Quinn Dayton e a autora de romances eróticos nas horas livres Selah Elmore, fossem bancar o Cupido. Os dois armam uma surpresa que deixará o fim de semana, e a vida dela, muito mais interessantes. Selah avisa Maggie que levará uma pessoa misteriosa, mas logo ela descobre que se trata de Gil Morrow, um antigo amor da época de faculdade. O romance se desenrola baseado neste reencontro, com os personagens relembrando momentos marcantes, brincadeiras espirituosas e as nuances que levaram cada um a fazer determinadas escolhas, que pautaram os rumos de suas vidas. Enfrentando seus próprios medos e fantasmas, Gil decide que esperou tempo suficiente para conquistar a mulher que sempre amou e, contando com a ajuda do casal Ben e Jo, Gil faz Maggie se lembrar de que ter mais de 40 anos não significa que ela esteja velha para uma segunda chance. O que acontece quando a geração de Clube dos Cinco e Caindo na Real fica frente a frente com a de O Reencontro? Venha passar um final de semana com essa Geração X, enquanto eles compartilham risadas, lágrimas, altos e baixos da vida, histórias antigas e novos recomeços.

Adicione aos seus desejados no Skoob

Adquira o seu

 

Impressões

Maggie está de luto há três anos, depois de mudar de cidade para uma ilha, perder a mãe e ficar reclusa ela decide receber seus quatro amigos dos tempos da faculdade depois de anos sem vê-los e esse fim de semana será de relembrar e reviver e talvez voltar a ser um pouco a mulher que ela sempre foi, mas uma surpresa a tira do prumo e ela vai ter que saber o que fazer com ela.

Finalmente Você é um livro sobre o amor maduro, com narrativa em 3° pessoa, conta em 315 páginas, divididas em 23 capítulos a história de Maggie e sua dolorosa vida depois de suas perdas.

Maggie está feliz com sua vida frugal na ilha, a casa na praia, seu cachorro e escrever sobre gastronomia em seu blog, uma vida simples, meio sozinha, mas muito feliz, a festa de reencontro da sua faculdade está chegando então ela decide chamar seus quatro amigos mais próximos para um fim de semana em sua casa, Quinn, Selah e Ben e Jo, ela fica nervosa de ter alguém em sua casa depois de tanto tempo, por mais que todos a conheçam na ilha, ela pouco interage com alguém, tirando seu lindo e paquerador vizinho, uma antiga amiga de sua mãe que lhe fornece produtos orgânicos, ela vive muito só com seu cachorro. Maggie acha que precisa desse isolamento, depois de sofrer após a morte de sua mãe, ela prefere assim, mas também sente saudade dos amigos.

O fim de semana chega e seus amigos vão chegando à sua casa, Quinn chega sozinho, mas seu marido virá em alguns dias, Ben e Jo chegarão depois, e Selah, sua amiga com quem mais fala ao telefone diz que trará um namorado misterioso, mas esse homem é Gil, seu antigo amigo com quem teve uma noite amor antes de ir estudar na França e voltar casada com um francês. Eles nunca se despediram, após o sexo o medo de Maggie era de que tudo ficasse estranho entre eles, ela nunca o esqueceu, mas seu coração estava fechado há muito tempo.

Gil nunca esqueceu Maggie, mas como ela voltou casada da França, ele nunca lhe disse que a amava, e acabou seguindo com a sua vida, casou e se separou e agora quer conquistar a mulher que sempre amou a todo custo, ele está preparado para fazer com que a Maggie entenda tudo o que ele sente, mas será que o seu amor e o amor que ele vê nos olhos dela será suficiente para vencer as resistências dela?

Maggie passou por momentos difíceis e dolorosos no leito de morte da sua mãe e ainda não conseguiu esquecer o terror que foi seu casamento, então ela vive reclusa há três anos, e agora que seus amigos chegaram a sua casa e com eles Gil, ela acha que tudo vai ser muito estranho. Mas a amizade que existe entre eles vence todas essas barreiras e ela está bem confortável com eles, menos com Gil, ela não sabe bem como lidar com ele e o clima de paquera é até bem divertido, mas ele não pode sentir nada por ela, pode?

Algumas pessoas podem definir a nossa protagonista como indecisa e infantil, mas eu não concordo só quem viveu um período negro na vida sabe como é muito difícil sair ileso disso e depois abrir o coração para as pessoas novamente, Maggie precisa controlar todos os aspectos de sua vida para se sentir segura e seus amigos e Gil, chegaram e meio que bagunçaram tudo, ela se abre para a amizade e o companheirismo, mas sabe que isso vai acabar eles irão embora em alguns dias e ela vai ter sua vida de volta, mas será que é essa vida que ela quer? Questionamentos invadem sua cabeça e ela não sabe o que fazer, Gil é simpático, atencioso e vai tentando quebrar suas barreiras, mas ela acha impossível que ele sinta alguma coisa por ela, e mesmo que sinta como suas vidas vão se encaixar? Por isso ela resiste muito, até que cede a Gil e eles dormem juntos, mas o sexo não foi só isso, eles se amam, e mesmo com toda a crise de Maggie ela precisa se dar conta disso.

Esse livro não fala só do amor na idade adulta, fala de recomeços, de amizade verdadeira e de como conseguimos retomar as rédeas da vida quando tudo o que queremos é se enfiar em um buraco e deixar os dias passarem. Maggie nem tem muita consciência do seu isolamento e acha que está feliz assim, mas só quando seus amigos vão embora ela nota a solidão em casa e em seu coração.

Quanto ao amor de Gil, ela não sabe como ser objeto do amor dele, ela tem medo de como isso vai afetar sua pacata vida, mas precisa decidir se consegue viver sem ele e os questionamentos dela nos fazem refletir.

Os personagens secundários do livro também nos conquistam,eles são verdadeiramente amigos uns dos outros e mesmo distantes se importam em como o outro está,eles se ajudam,se sacaneiam e se incentivam mutuamente nos provando como as amizades verdadeiras são um tesouro incalculável.Outro aspecto muito bom do livro são as descrições da vida simples e relaxada de Maggie e dos moradores da ilha, as paisagens são de tirar o fôlego e eu me imaginei várias vezes sentada em frente a casa de Maggie com a areia nos meus pés e as ondas batendo ali bem pertinho.

Um livro leve e profundo ao mesmo tempo, se formos avaliar o comportamento de Maggie vamos nos identificar, pois cada vez mais nos isolamos de alguma forma e achamos que isso nos faz feliz. Mas a realidade nua e crua é que estamos nos afastando do que nos faz bem por puro medo de como nossa vida será.

Não imaginava que ao ler esse romance ele fosse me tocar tão profundamente e acho que vocês precisam ler esse livro e mergulhar na mente de Maggie para refletir assim como eu fiz.

Livro indicado a todos que querem refletir sobre seu posicionamento em relação a vida ao amor e a todos que gostam de uma história leve e bem escrita, e para aqueles que querem passar o fim de semana em uma linda ilha,com personagens cativantes e reencontrar o amor.

 

Livro gentilmente cedido por nversos logo

 

 

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 37 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,romances de época, romances históricos e chick Lit.

 

assinatura.fw

Comentários

  1. Oii Bianca, esse romance me fez lembrar muito do livro que estou lendo no momento. Se chama “Rivais da Coroa de Kadar” da Ed. Harlequin, aliás te recomendo se achar interessante. Tava há um bom tempo sem ler esses romances, e me vi presa a ele. Sinto que esse livro me faria sentir da mesma forma, é uma história bem bonita. Adorei sua resenha, você escreve muito bem. Grande beijo!

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *