Eu sem voce_17mm.indd

 

 

 

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415759
Ano: 2016
Páginas: 304
Tradutor: Thalita Uba

Sinopse

Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco.

Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah.

Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la.

Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer.

Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida.

Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.

 

Adicione aos seus desejados no Skoob 

 

Impressões

De vez em quando eu tenho a compulsão de ler um livro, eu consigo sentir o quanto ele será especial, eu sei que vai me despedaçar, e deixar em uma bagunça incoerente de sentimentos. Este é esse tipo de livro.

Há momentos, experiências e pessoas em nossas vidas que acontecem tão rápido que quase parece não aconteceram de fato. Eu sem Você se desenvolve em torno dessa sensação e se mantém firme em toda a história apaixonada, amorosa, libertadora e melancólica.

Callum é um workaholic sem vida fora do trabalho, Lilah é também uma workaholic, mas que vive sua vida de forma intensa. Um encontro inocente reúne essas duas pessoas de maneira notável. Lilah impulsiona, enquanto Callum arrasta. Lilah se agita, Callum se acalma. Lilah faz bagunça, Callum arruma. Eles são essencialmente o Ying e Yang um do outro. Eles funcionam juntos, e as coisas progridem bem entre eles, exceto por aquela coisa que Lilah tem mantido escondida.

Este romance contemporâneo dá ao leitor um refrescante lembrete do por que a vida é nosso bem mais precioso e que devemos vivê-la ao máximo. A narrativa se concentra na pungente viagem de Callum Roberts, contada através de seu ponto de vista, estamos em um passeio de mudança de vida. Pulverizado entre os capítulos de Callum encontramos entradas de um diário escritas por Lilah fornecendo-nos um olhar mais profundo na vida que ela escolheu. Há motivos para preocupação nas entradas de Lilah, um mistério sutil tecido através de seus pensamentos.

Os personagens aqui estão em seus quarenta anos, tendo vivido uma vida separada um do outro por um tempo. Ambos envolvem o leitor com diversão, paixão e sabedoria. Seu enredo fornece angústia, mas não de forma excessivamente dramática, mas um tipo mais agudo de drama. Lilah nos mostra liberdade, um espírito livre destinado a desfrutar a vida. Ela não se abala com as pequenas coisas e cativa profundamente o leitor, então não há nenhuma surpresa quando Callum encontra irresistivelmente encantado por ela.

Callum prova ser o tipo de cara cansado do amor, estagnado em sua vida sem realmente viver, apenas existente confortavelmente. Ele é um homem reservado, forte e firme. Até Lilah puxá-lo das sombras, ele começa a ver a beleza acima das nuvens negras que o cercam. Juntos, eles emanam vivacidade, fornecendo força e novas oportunidades um ao outro. Lilah é uma bola de demolição na vida resignada de Callum – e a essa destruição/reconstrução fornece uma leitura divertida. A forma como os dois se encontram logo no início dá um tom engraçado e inquietante para todo o livro. Callum tem uma maneira nostálgica de contar sua história.

A história transmite uma sensação melancólica até mesmo nos momentos de pura felicidade. Há algo mais profundo acontecendo com eles, sem que eles admitam. Com uma narrativa muito bem desenvolvida, descritiva na medida certa e que clama pelo envolvimento do leitor.

Eu sem Você provou ser uma boa história de amor. E você vai precisar de lencinhos à mão para estar preparado para a tristeza que se torna esmagadora em alguns pontos. É um livro que você precisa estar com a capacidade emocional bem estruturada. O nada convencional felizes para sempre chegou ao meu coração deixando um profundo entendimento sobre o que Callum e Lilah suportaram. E estou extremamente feliz por ter experimento essa trama. Se você está no clima para uma viagem emocionalmente carregada, deve escolher esta história.

 

 

 

Blog parceiro Arqueiro

 

 

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 37 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,romances de época, romances históricos e chick Lit.

 

 

 

assinatura.fw

Uma resposta a [Resenha] Eu sem Você de Kelly Rimmer !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editoras parceiras

Romance Histórico na Amazon
PageRank