Back to top

[Resenha da Rami] Too Late de Colleen Hoover !!!


Edição: 1
Editora: Hoover Ink
ISBN: 0804177899
Ano: 2016
Páginas: 395

Sinopse

Sloan iria ao inferno e voltaria por seu irmão caçula. E ela vai, todos os dias. Forçada a continuar um relacionamento com o perigoso e moralmente corrupto Asa Jackson, Sloan fará o que for preciso para que as necessidades de seu irmão sejam atendidas.

Nada entrará em seu caminho. Nada, exceto Carter.

Sloan é a melhor coisa que já aconteceu para Asa. E se você perguntar a ele, ele diria que ele é a melhor coisa que já aconteceu para Sloan.

E ele nunca planejou deixá-la ir embora; mesmo que ela não aprove seu estilo de vida sinistro. Mas apesar da desaprovação de Sloan, Asa sabe o que é necessário para ter o que quer, e ele fará. Ele sabe o que precisa para continuar no topo, e ele faz.

Nada entrará em seu caminho. Nada, exceto Carter.

Adicione aos seus desejados do Skoob

Adquira o seu : Amazon ebooks |

Impressões da Rami 

 

Pela primeira vez na minha vida eu dei quatro estrelas para um livro da Hoover (tirando Essa Garota completamente desnecessário). Por que eu dei quatro? Até o primeiro epílogo tudo estava ótimo e maravilhoso, uma típica leitura cheia de plots inimagináveis da tia Hoover, mas acho que ela se empolgou e continuou o epílogo e em cada novo Point of View eu estava é com os olhos revirando… Ficou parado e me deu a sensação de encheção de linguiça.

Mas sem dúvidas, Too Late é o livro mais pesadinho dela e que trata sobre diversos temas como abuso doméstico e drogas.

Sloan é uma garota que fará tudo que ama para proteger aquele que ama. E ela faz de tudo mesmo. Inclusive ficar ao lado de um babaca escroto que tem verdadeira obsessão por ela, mas que na verdade a ver como uma posse. Carter é uma pessoa que aparece numa aula da faculdade, mas que se mostra um dos conhecidos do círculo social de Asa, o “dono” de Sloan. Será nesse triângulo amoroso complicadíssimo que Hoover desenvolve uma de suas melhores histórias com plots que me pegava gritando e xingando as personagens durante a leitura.

Sloan é uma típica personagem da Hoover: forte, decidida, sabe o que quer, não mede esforços para alcançar os objetivos. Carter é aquele good boy (que eu amo de paixão e a tia Hoover também): cavalheiro, inteligente, esperto e que toma umas decisões bem burras no decorrer da história. Asa é um dos poucos vilões que Hoover já criou, mas que ao mesmo tempo em que eu tinha ódio mortal dele e um desejo de que alguém colocasse uma bala no meio da cabeça dele, eu tinha dó ao ver que ele era apenas mais um no mundo fruto do meio.

E talvez por ter sido uma assistente social, Hoover consegue criar personagens tão reais. Asa é um típico produto do meio em que viveu coisa comum no mundo de hoje, mas também me questionava porque ele, do jeito que mostrava ter certa visão de mundo, não tomava outros rumos e escolhas mais dignas. Vê-lo tratar Sloan me deixava enjoada e com muita raiva. E justamente porque ele é um típico projeto de macho que encontramos aos montes por aí em jornais. Quando li Too Late, foi na época que estourou em manchetes assassinatos de mulheres por ex-companheiros, o que me fez refletir tanto e pegar tanta raiva dele. Sem dúvidas, o personagem mais odiável.

Sloan e Carter sem dúvidas eram os mais inteligentes ali, mas que com a crescente atração entre eles, foram tomando decisões que, ao meu ver, era se pôr em risco, sabendo que os colocariam em perigo. Eram meio egoístas, pensando no agora e não numa possibilidade de futuro. Talvez seja porque eu sou alguém que usa mais a razão que o coração nas decisões, ao contrário desses dois.

A narrativa, as visões, o enredo, o que ela quis (ou não) passar com esse livro o tornou digno de cinco estrelas. Mas dei quatro por motivos já citados, apesar de achar que aquela resposta que não teve no final do final foi o que me fez realmente dar quatro ao invés de cinco estrelas.

Porém mesmo com essas ressalvas, Too Late é um típico produto da Hoover: maravilhoso, espetacular, surpreendente e digno de por na lista de leitura, pois qualquer coisa que a Hoover escreva merece ser lido antes que seja tarde demais.

 

 

Desde pequena devoradora de tudo que combine as 26 letras do alfabeto, cursando Letras , e no meio disso tudo, ama aprender novas línguas, apaixonada por dormir e cultura coreana.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *