Back to top

[Resenha da Rami] Sonhos de Avalon: A Última Profecia de Bianca Briones !!!

Série Sonhos de Avalon #1

 

Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528622485
Ano: 2017
Páginas: 424

 

 

O mito do Rei Arthur recontado de maneira totalmente original e com protagonistas jovens femininas Quem nunca sonhou em viver na Idade Média com Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda? E se todas as versões já retratadas fossem uma tentativa de Merlin, poderoso feiticeiro do rei, de mudar o destino? O primeiro volume de Sonhos de Avalon traz a história de Melissa, uma jovem do século XXI, predestinada a voltar à Idade Média para se casar com Arthur e salvar a Britânia e a magia. Porém, quando sentimentos são envolvidos os resultados podem ser imprevisíveis. Dividida entre a responsabilidade que lhe foi dada e a voz de seu coração, Melissa terá que tomar uma decisão que mudará sua vida e a de todos que a cercam.

Adicione aos seus desejados no Skoob

 

 

Impressões da Rami

Ainda estou estarrecida com esse livro como um todo, as teorias pulam na minha cabeça e tudo que eu peço é pra deusa, que Sonhos de Avalon 2 venha logo para minha cabeceira.

 

Sonhos de Avalon: A Última Profecia narra em terceira pessoa a história de Melissa, uma garota de uma cidadezinha do interior que “sonha” com o mundo do rei Arthur. Por outro lado, em Camelot, somos apresentados ao mundo arthuriano nos familiarizando com o rei, seus cavaleiros, sua corte e sua irmã Morgana.

Há uma profecia em Avalon que anunciava que a única forma de um final vitorioso para Arthur é a Filha de Avalon, e para isso, Morgana e Melissa, que tem uma ligação incomum, acabam trocando de lugar. E ambas precisam cumprir a sua missão para o lugar de onde foi.

Melissa assustada com o mundo em que se encontra, acaba se aproximando do rei Arthur que se apaixona por ela em segundos, o que indica o caminho da profecia, mas e quanto estar com Arthur não parece ser o certo e outro é ferido no meio do caminho? E quando você quer ter escolhas próprias fazendo jus ao uso de livre-arbítrio?

Enquanto isso na Terra, Morgana procura cumprir sua missão, mesmo que para isso tenha que procurar qual é, já que a sua é um pouco mais desconhecida que a do jovem que foi mandada para seu lugar.

Mas não é só isso que Sonhos de Avalon 1 é feito. Há enigmas, batalhas, amizade, traições e surpresa durante as mais de 400 páginas. Quatrocentas páginas que passam voando e quando a gente fecha seria bom já ter o volume 2 em mãos.

Como eu sofri com esse livro. Como tive muitas vontades de entrar no livro e bater num certo rei, certo mago e certo cavaleiro. Queria que todos tivessem um final feliz e logo, não os aguentava vê-los sofrendo.

Amo livros que vão além de uma história, e Bianca mais uma vez consegue essa façanha. Ela toca em pontos maravilhosos e que, apesar de passar no mundo medieval, são temas atuais. Religião X Política (Poder), Machismo e o direito de escolha são temas nítidos e bem trabalhados.

Garanto que aos não leitores de fantasia, Sonhos de Avalon encanta por todos os gêneros encontrados: Fantasia, romance, suspense… E a narrativa em 3ª pessoa nos expande o leque de pontos de vista, nos fazendo mergulhar nesse mundo criado por Briones. Sabemos o que se passa na cabeça de muitos, e de outros, apenas respostas que encontraremos no próximo volume da duologia (que apesar de perto – 1° semestre de 2018 – pra mim está muito longe).

Outro ponto maravilhoso nesse livro é o mundo criado por Bianca. Apesar de o mundo de Arthur ser de conhecimento de muitos, ela dá seu toque e vida própria a esse mundo, mergulhando o leitor com diferentes tipos de conhecimento (ou de memória) nesse mundo fantástico, que encanta.

Apesar de ser uma duologia que durante a leitura temos algumas respostas para nossas tantas perguntas, também temos pontas para o próximo volume. Será que Melissa encontrará seu final feliz? Rei Arthur e seus cavaleiros conseguirão descobrir o traidor e vencer? Como a profecia será concretizada? Haverá direitos de escolhas? Perguntas como essas que rondam a minha mente desde metade do livro até agora em que penso na leitura e nas teorias mirabolantes que minha mente insiste em fazer.

Se Sonhos de Avalon não veio para provar que Bianca é uma escritora versátil e ótima nos tantos gêneros que escreve e uma das melhores escritoras da atualidade, eu não sei mais para o que é, pois mais uma vez Briones nos dá aprendizado (com alguns heartattacks e sofrência de brinde) em formato de fantasia. Mais uma vez Briones nos encanta e nos faz sonhar. Dessa vez, um Sonho de Avalon.

 

 

 

 

 

Desde pequena devoradora de tudo que combine as 26 letras do alfabeto, cursando Letras , e no meio disso tudo, ama aprender novas línguas, apaixonada por dormir e cultura coreana.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *