o descompasso infinito do coração

 

Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576864042
Ano: 2015
Páginas: 403

Sinopse

O Descompasso Infinito do Coração – Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto.

Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela.

Enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado de receios, traumas e dúvidas.

Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar?

E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma?

Em O descompasso infinito do coração, Bianca Briones mostra que o verdadeiro amor pode resistir ao tempo e a cada obstáculo que a vida lhe impõe. Esta é uma história intensa e comovente de segredos, paixão e amizade. É a última chance de dois corações que cansaram de viver separados

Adicione a sua estante no Skoob

Adquira o seu

Impressões da Rami

Aqueles livros que nos leem.

 

Há livros que você lê e há livros que leem você. E há “aqueles livros” que leem você na hora certa.

Pra quem me conhece e me acompanha no face, eu sempre escrevo “tia Hoover acabará com minha sanidade” e nessa lista entrará uma escritora brasileira, não na sanidade porque não dá mais, essa acabará com outro lado da minha vida. Bem vinda, se Hoover acaba com minha sanidade, Bianca Briones está acabando com meu emocional. Bia, já pode fazer parzinho com a da sanidade, porque vocês duas acabarão comigo.

Quando li “As Batidas do <3” eu queria e torcia pra um “happy end” de um certo personagem. Eu sofri mais pelo Bê. Amores de longa data são meus preferidos. Logo de cara eu me apaixonei por ele porque ele morava em Londres (paraaaa tudo, eu trocava a Clara por Londres hahaha). Logo de cara eu queria que a Clara ficasse pra sempre com o Bê, que ela visse o que estava na cara dela.

Mas não é só de clichês que vive o mundo editorial. Essa historia tinha tudo pra ser um clichê romântico, mas a Bia fez muito mais.

O Bê é aquele boy que eu amo/tenho enormes precipícios e casava de cara sem ser ruivo (tenho quedas e mais quedas por ruivos), amo e prefiro os “good boys” intelectuais e moradores de Londres (Bê esquece a Clara e fica comigo). Já a Clara… Pelo que via dos post da Bia (já virei intima da autora né hahaha), a Clara me pareceu um relato da vida dela, pois ela se baseia muito em pessoas reais para personagens, me enganei? Sim, não há somente ela, HÁ EU, HÁ VOCÊ, HÁ TODOS NÓS.

Não é a história de um mocinho que é apaixonado pela mocinha que não se toca disso. Não é somente uma história de amor de um homem e uma mulher. É mais profundo. É a historias de pessoas, principalmente a nossa protagonista, de aprender a si amar primeiro para amar finalmente outra pessoa.

A Bianca se superou. Achei q minhas batidas do coração foram perdidas com #RaVi, mas as q restaram ficaram totalmente descompassada. Não há palavras que escreva que fará jus ao livro que é. Só posso agradecer. Li o livro no momento certo. Quando eu estava farta de um príncipe encantado salvando mocinhas nas minhas leituras, peguei O Descompasso Infinito do Coração em mãos e pude ver e sentir uma mocinha da vida real.

Ler esperando um clichê é o primeiro erro. Me surpreendi a cada linha, cada capitulo e me reapaixonei pelo Bê pelos olhos da Clara, aprendi a amar a Clara pelos olhos do Bê (e a Clara tinha tudo pra ser aquelas mocinhas inseguras que eu não suporto, mas não foi).

E de repente, meu coração ficou descompassado por um livro. Sem dúvidas, está entre meus favoritos e queridinhos.

Uma coisa que amo em personagens é aquele feeling e aproximação conosco. Eu me vi na Clara, eu me vi no Bê… Eu vivi uma relação de ódio e amor com o Maurício, eu me vi como a Branca defendendo os amigos e eu vivi esse mundo como se fosse o meu. Ah, eu matei um pouco da saudade do Rafa, porra!!! Eu pude sentir junto com eles, me conectar de modo que são poucos escritores que fazem comigo.

Acredito que cada um que ler, vai se ver na Clara, no Bê e nos personagens que a Bia cria sendo homem ou mulher. O princípio de tudo é se amar primeiro. Princípio básico que demoramos a aprender e praticar. Antes de amar alguém, temos que nos amar. E principalmente, na realidade da vida, eu preciso amar a mim e só assim poderei ser feliz com um outro sendo ele minha laranja inteira e eu sendo dele a sua laranja inteira.

A cura de tudo? Não é o Amor. A Cura de tudo é a sua autoconsciência em se permitir amar. Esse é o primeiro passo. Bia me fez entender isso, me fez e faz querer dar esse primeiro e começar a me amar verdadeiramente pra só assim eu amar verdadeiramente a outros.

O Descompasso Infinito é mais que um bestseller ou leitura de entretenimento. O Descompasso Infinito é livro de vida, é livro que precisa ler que motiva e inspira (e não é auto ajuda – nem Mahamadra ;D). O Descompasso Infinito é livro pra aprender uma enorme lição de vida: dar uma chance de me amar pra eu amar o outro verdadeiramente.

 

PS: me deu uma vontadeeeee enorme de praticar Mahamadra depois desse livro. E um certo parque sempre será lembrando de agora em diante como o parque do mais novo casal 20 da Rami.

PS²: pelamor dos deuses, alguém inventa um nome de ship bonito pros dois porque nos que criei saíram horrorosos.

 

 

 

assinatura.fw

 

25 respostas a [Resenha da Rami] O Descompasso Infinito do Coração de Bianca Briones !!!

  • zac silva disse:

    É simplesmente fantástico a capacidade que a Bianca tem de nos envolver de forma impressionante nos livros dela.. Durante todos os livros dela eu me envolvi muito com os personagens cheguei a viciar outras pessoas nos livros dela. Me identifiquei mt com Bernardo pois ainda passo o mesmo que ele passa na historia …. Sei que é estanho ter um homem aqui fazendo comentários no meio de todas essas leitoras mulheres mais sim sou um cara mega apaixonado por livros…. Alem dos livros da Bianca … A um livro mt bom também se chama “o jogo perfeito” são três volumes vc vai se envolver na historia do inicio ao fim sofrer junto com Cassie e Jack de uma forma inexplicável.. Fica a dica aos leitores ….

    No aguardo do novo lançamento do livro da Bianca Briones em fevereiro … Nao vejo a hora m. Chegou a vez de Branca, Rodrigo e Lex. Eita nois

  • Regiane disse:

    Amei a sua resenha. Vc traduziu tudo o que senti ao ler o livro. Fiquei encantada pelo Ra/ Vi… O texto muito leve amei. Mas o Bê/ Clara acabaram comigo.
    Ansiosa para o próximo que saí em agosto.

  • patricia carvalho disse:

    Olá.. adorei a Resenha Rami, vc e fera no que faz, parabèns estou feliz só no grupo do whats com vc, lhe adimiro muito um grande abraço.

  • Driely Meira disse:

    Oiee ^^
    Aaaah que invejinha, você já leu esse livro *-* Estava guardando dinheiro para comprá-lo em pré-venda, mas quem disse que eu não gastei? kkkkk’
    Amei a escrita da Bianca no primeiro livro, foi uma coisa tão surreal e magnífica que eu me apaixonei pelos personagens de primeira, e fiquei doida pela continuação ♥
    Hoover também acaba comigo, e eu não vou dizer nada sobre a Bianca porque copiaria as suas palavras…haha’ O shipp que passou pela minha cabeça foi “Clardo”, mas é horrível…haha’
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  • Diana Canaverde disse:

    Olá… tudo bem???

    Menina do céu nem li o primeiro livro e você com a sua resenha me deixou maluca pelo segundo… eu tenho muita vontade de ler esses livros simplesmente por tudo que tenho lido nas resenhas… algo sempre me cativou… desde as capas… os titulos e as resenhas que deixam os leitores no chão e com várias lições para nos contar… você falar isso de um livro nacional os brilhos de meus olhos aumentam cada vez mais… xero!

  • Talita Lazarino disse:

    Oi!!!
    Amei sua resenha… 🙂
    Já li os dois livros e simplesmente amei. E concordo podemos nos ver muito em Clara.
    Agora eu quero um livro com a historia da Branca e do Rodrigo kkkkk
    Acho que a forma que ela escreveu o final, deixou essa ideia de que pode vir a ter outro….tomara
    Beijos!!!

  • Juliana disse:

    Olá!

    Confesso que ultimamente não estou com a vibe de ler livros de romance, estou querendo um livro de ação. Vou anotar a dica pois tem dias que só um romance para me aguentar, mas não vou ler a obra no momento.

    loucurasaovento.blogspot.com.br

  • Gab Bastos disse:

    Oi oi, como vai?
    Gente incrível essa sensação de ler o livro no momento certo, é tão bom quando isso acontece <3
    Confesso que esse não é o tipo de livro que pegaria para ler, mas depois da sua resenha mudei de opinião.
    Você fez uma resenha tão incrível que fiquei curiosa demais hahahahaha
    Já quero conhecer todos esses personagens (principalmente o Bê) e poder apreciar essa leitura.
    Beijão!

  • Giovana Soares disse:

    Oii, tudo bem?:
    Eu sempre estou ouvindo o pessoal falar maravilhas dos livros da Bianca, a minha amiga leu o primeiro e adorou! E está super ansiosa para ler o segundo. Então não preciso nem dizer que ambos estão na minha lista de desejados, e a vontade de ler o segundo só aumentou quando eu li a sua resenha.

    http://www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

  • Lia Christo disse:

    Oi Rami, gostei muito da maneira que você colocou o que sentiu com sua leitura.
    Tenho ouvido muitos elogios aos livros da Bianca, mas ainda não os li. Sinto que estou perdendo romances lindos e profundos.
    Fiquei curiosa sobre o tal parque… kkkk
    Espero ler em breve os livros e que eles me encantem como encantaram você.
    Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

  • Ramiles disse:

    Obigada,
    e sim, esse outro lado do amor que a autora destacou foi o que descompassou meu coração muitissmo mais ^^ e tb acredito que a amizade é a base de qlquer relacionamento com um outro.
    Bjos e otima leitura.

  • Francine Porfirio disse:

    Que resenha mais linda! Adorei sua percepção sobre a história e como a autora conseguiu dar destaque a outro lado do amor… Um lado que muitos livros, infelizmente, pecam ao não desenvolver: “saber amar e saber deixar alguém te amar”. Sim, é a citação de uma música, mas é também uma verdade absoluta quando nos referimos aos romances. Eu também adoro histórias de amor que envolvem longa data. A amizade é um pilar firme para esse sentimento tão grande… E acho que vou me apaixonar pela série e pela autora.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

  • Lunna Marcela disse:

    Olá linda, sabe é sempre um gosto ler uma resenha que carrega tanta paixão e tu já me conquistou por ai… o livro deve maravilhoso para ter lhe envolvido assim e eu adoraria poder passar por experiencia parecida …bjsss anotada a super dica

  • Aline Furtado disse:

    Olá!
    Em primeiro lugar preciso urgentemente ler As Batidas Perdidas, para depois ler esse segundo livro. Todo mundo fala tão bem da escrita da Bianca que vou adiantá-lo na minha fila de leitura.
    Essa é a primeira resenha que leio de O Descompasso Infinito do Coração e já estou encantada com Bê e Clara. Quero muito conhecer a história deles!
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editoras parceiras

Confesse na Amazon !!!

Romances de Época na Amazon

PageRank