Back to top

[Resenha da Rami ] O Acordo de Elle Kennedy !!!

Amores Improváveis #1

Edição: 1
Editora: Paralela
ISBN: 9788584390274
Ano: 2016
Páginas: 360
Tocante, profundo, engraçado, sexy… ”O Acordo” é um romance que vai te encantar e surpreender a cada página.
Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.
Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.

Adicione aos seus desejados no Skoob

 

 

Impressões da Rami

Fazia tempo que um NA não me fazia surtar e tocar em alguns pontos mais reflexivos que não fosse apenas romance (por isso vai ter resenha de livro relido pela milésima vez sim!). O Acordo gira em torno de romance com trauma passado que deve ser superado.

Hannah está afim de um jogador de futebol americano na universidade, mas eles não trocaram nada além de olhares… Ela que trocou os olhares, porque o jogador está alheio. Garret é a estrela do time de hóquei da faculdade e acabou de bombar numa prova de Ética que o pode impedir de continuar jogando. Mas para a sorte dele, não dela, Hannah tira nota máxima e Garret vê nisso a oportunidade de ter uma professora particular já que mesmo indo às aulas extras, a matéria não entra na cabeça. Hannah tem pré-conceitos sobre atletas (exceto o que ela tá afim) e não quer ser professora de Garret por nada. Até que ele percebendo o crush da estudante de música, faz um acordo com ela: dar aulas a ele e ele fará com que Kohl se interesse pela musicista. feito O Acordo!

Mas não é só de um simples acordo que a série é feita. Hannah tem um passado trágico que influenciou o que ela é nos dias atuais. E cumprindo sua parte do acordo, seus grilhões são soltos um por um através de Garret, que se prova muito mais sensível do que se mostra. O jogador de hóquei gostosão e mulherengo vai ajudar Hannah a superar e deixar o passado não machucá-la mais.

O romance entre os dois é feito de forma gradual. Não se trata de um tesão e amor a primeira vista, mas algo que vai se desenvolvendo com o passar do convívio, mais óbvio para nós leitores do que para os dois.

Amei como a escritora soube desenvolver o romance, com pitadas de humor, ironia, cenas hots e assuntos pesados de maneira leve. Sobre o trauma de Hannah, ela desenvolveu como poucas conseguem. O assunto é delicado, mas vale para nós pensarmos e refletirmos sobre isso que é tão comum, e como sobreviventes (vítimas não, pelas palavras de Hannah) aprendem a lidar com as consequências de algo que elas não são culpadas.

Não foi só de Garret e Hannah que esse enredo é feito. O mulherengo do livro um tem mais três mulherengos amigos convivendo na mesma casa e eles serão os próximos protagonistas. Ansiosa demais para devorar a história de cada um (de um específico), pois eles nos conquistam com o pouco de personalidade que vemos conforme o decorrer do livro.

O Acordo desperta um misto de emoções e corações de amores pela história de Garret e Hannah a cada página. A escrita da autora é leve e divertida, e olha que esse foi a sua estreia. Maravilhosa por sinal. O esquema é fazer um acordo com a pilha de livros que estão na fila para serem devorados e por O Acordo na frente de todos. Garanto que será um ótimo acordo e você vai me agradecer depois (baixando Garret Graham em mim agora hahaha).

 

 

 

 

Desde pequena devoradora de tudo que combine as 26 letras do alfabeto, cursando Letras , e no meio disso tudo, ama aprender novas línguas, apaixonada por dormir e cultura coreana.

 

 

 

 

 

Comentários

  1. Todos elogiam esse livro, mas ainda não li. Muito bom saber que a autora consegue prender a atenção do leitor e o faz refletir sobre superação de traumas.
    Parabéns pela leitura/releitura e pela resenha. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *