Back to top

[Resenha da Rami] Corte de Asas e Ruína de Sarah J Maas !!!

Série Corte de Espinhos e Rosas #3

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501301383
Ano: 2017
Páginas: 687

O terceiro volume da série best-seller Corte de Espinhos e Rosas, da mesma autora da saga Trono de Vidro em “Corte de Asas e Ruína” a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.

Impressões 

Em ruína estou eu com o fim dessa trilogia que me arrebatou nos momentos finais de 2017 e que me fez desejar um Rhys na virada do ano.

Aqui encontramos uma Feyre na corte Primaveril, após os acontecimentos finais e chocantes do livro anterior. Obrigada a estar ao lado daquele que lhe causou tanto mal, Feyre irá lutar para causar desestabilidade nessa corte para que os feéricos tenham chance de lutar e vencer a guerra, livrando por consequência, os humanos. E nessa jornada nem tudo é o que parece ser e aliados surpreendentes aparecerão.

Aqui encontramos uma Feyre que por fim encontrou seu lugar. Lugar este que está ameaçado, seu futuro, seu grão-senhor e seus amigos. Mesmo com sua família despedaçada, Feyre sabe que qual é seu lugar e a importância de seu papel nessa guerra.

Retornamos a Corte Primaveril e lá encontramos alguns personagens que amamos e estavam meios sumidos. Mas é nessa corte que vamos nos situando a respeito da guerra que o rei de Hybern quer travar com os humanos e qualquer feérico que se opor a seus planos. O mundo feérico separado dos humanos e a paz que tanto lutaram para alcançar estão a uma queda de muralha. Feyre então luta contra o tempo, ali na Corte Primaveril, para vencer esse novo inimigo e aqueles que os traíram.

De Feyre sobrevivente, a dona da porra toda, é nítido o amadurecimento de Feyre em todas as áreas da vida. Mas domínio sobre seus poderes e a certeza do que quer a torna a grã-senhora que estávamos querendo ver.

Mas não é apenas Feyre e seu desenvolvimento que é abordado no livro. Rhys e seu círculo de amigos tem importância fundamental para as defesas de Prythian, feéricos e humanos (o que falar sobre Morrigan e Amren – girlpower puro!). Eles também têm fundamental importância para que Feyre alcance seu potencial, assim como ajudar as irmãs de Feyre, que sairão de meras “espectadoras” para peças fundamentais.

É claro que se tratando de Sarah J. Maas e os boys maravilhosos que só ela cria, há romance de suspiros e arrebatamentos. E não só falo de Rhys. Cassia, Azriel e Lucian são alguns do harém que a gente baba por suas histórias.

Óbvio que ela deixou pontas soltas, dando arco para unir a trilogia original com spins off de outros casais da série (quero todos para ontem!), mas do casal protagonista, todas as pontas foram amarradas e nem terminamos o livro e a saudade desse casal, que passou por tanto e permaneceram fiéis, fortes e lutando por eles, por seus ideais e por aqueles que se importavam. Sem dúvidas Feyre e Rhys se tornaram meus favoritos e símbolo de que o amor dar forças para combater as injustiças, lutar pelas causas justas e também dá os momentos mais lindos, brilhantes e estrelares de uma vida.

Ao final do livro, estava em ruínas. Ruína pela maestria desse terceiro volume que fechou lindamente uma trilogia com amor, batalhas, suspense e Rhys na medida certa.

Ler Corte de Asas e Ruína é voar sabendo que o desfecho será a ruína, mas aquela ruína boa que todo bom leitor adora encontrar ao final de uma leitura lacradora.

PS: Que venha A Court Of Frost And Starlight*. Que venha mais Feysand.

*Será uma novela unindo a trilogia original com os spins off. Ainda será narrado por Feyre e Rhys, mas com a participação de outros (que ainda não sabemos).

e

Desde pequena devoradora de tudo que combine as 26 letras do alfabeto, cursando Letras , e no meio disso tudo, ama aprender novas línguas, apaixonada por dormir e cultura coreana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *