Back to top

[Resenha] A Fragrância da Flor do Café de Ana Veloso !!!

a fragrância da flor do café grande

 

 

Edição: 1
Editora: Jangada
ISBN: 9788564850668
Ano: 2014
Páginas: 536

Sinopse

Brasil, ano de 1884. No vale do Paraíba, os latifundiários e suas famílias levam uma vida luxuosa e despojada de preocupações graças ao trabalho escravo nas plantações de café. Vitória ou Vita, como é conhecida por todos, é filha de um dos mais ricos “barões do café”. Sua vida muda completamente ao conhecer Léon Castro, jornalista e abolicionista que luta com fervor contra a escravidão e, portanto contra os interesses da família de Vita. Apesar das divergências, eles se apaixonam. Em meio à transformação do luxiriante Vale do Paraíba e o ar pitoresco da cidade do Rio de Janeiro, A Fragância da Flor do Café conta a saga de uma família de fazendeiros e a históia de um grande amor marcado por desencontros

Adicione a sua estante no Skoob

Adquira o seu aqui

 

 

 

 

Impressões

Vitória é herdeira de uma fazenda de café no Vale do Paraíba em 1884, sua vida é ajudar seu pai a administrar a fazenda, o que ela faz com o maior prazer, pois adora as flores do café e o seu aroma, mas uma visita do seu irmão e seus três amigos acabam despertando em Vitória uma paixão avassaladora, mas a orgulhosa sinhazinha passará  por muitos contratempos até que possa viver de fato seu amor.

A Fragrância da Flor do café é narrada em 3° pessoa e é dividido em 3 partes principais : Livro 1 que se passa entre os anos de 1884 e 1886,Livro 2 de 1886 à 1888 e Livro 3 de 1889 a 1891,que são divisões de partes significativas na trama,que conta em 533 páginas nos conta várias partes da nossa história entremeados por romances,decepções,tragédias e um amor que resiste a quase tudo.

Não sei bem como começar essa resenha, pois foi um livro que me chamou atenção pela capa e mais ainda pela sinopse, um livro nacional bem diferente dos que tenho lido e ele mexeu tanto comigo que fico com medo de contar demais e estragar o prazer de vocês de ler e se emocionarem como eu me emocionei.

Vitória da Silva é filha de um Barão do café de muito prestígio, mas tem uma personalidade bem forte e apesar de ter respeito por seus pais, sempre encontra um jeito de fazer o que quer. Quando seu irmão vem visitar a fazenda depois de estar morando há muito tempo no Rio de Janeiro e traz com ele 3 amigos, Aaron Nogueira,João Henrique Nogueira e o jornalista abolicionista Léon Castro,um desentendimento acaba apresentando de forma nada convencional Léon e Vitória,Ele o único que sabe lidar com a personalidade exuberante dela,provocando-a e despertando nela sentimentos que ela nunca sentiu.

Léon Castro é um jornalista que escreve artigos perniciosos que chocam a todos,ele é contra a escravatura e dissemina suas ideias em seus artigos e conquista muitos simpatizantes,conhecer um Barão do Café e uma sinhazinha é algo bem contraditório,mas ele se encanta por Vitória,mas precisa seguir com seus planos abolicionistas e acaba deixando apaixonada e sozinha.

Depois de deixar envolver por Léon, Vitória acaba sozinha, apaixonada e com uma notícia alarmante, por isso manda uma carta a Léon por seu irmão Pedro, mas a resposta não chega e Vitória sozinha tem que tomar decisões que mudaram sua vida.

Toda a trama do romance turbulento de Léon e Vitória é contada em meio aos acontecimentos da época, a luta pela abolição, os avanços que acontecem na capital Rio de Janeiro e a derrocada dos barões do café, se passam muitos anos e a autora soube perfeitamente entremear os romances com os fatos históricos, acompanhar os acontecimentos da época em meio a casamentos, mortes, desentendimentos e reconciliações é emocionante e ímpar.

Conhecemos não só os personagens citados acima, mas seguimos a vida dos escravos, amigos desses escravos e suas vidas após a abolição, a vida dos fazendeiros de café após a falência e o que essa falência faz com as famílias do Vale do Paraíba, são tantas histórias entremeadas que o leitor pode achar confuso a princípio, mas depois fica tão envolvido com cada um deles que não consegue desgarrar do livro e fica torcendo por cada um dos personagens, principalmente Vitória,que ama,sofre muito, fica sozinha, consegue o homem que ama, mas a amargura é tanta que não a deixa ser feliz e depois de muitos e muitos desencontros eles conseguem seu final feliz, mas o sofrimento dela transborda das páginas e chegamos a achar que a pobrezinha nunca vai conseguir ser feliz de novo, pois são tantos problemas em sua vida, a única coisa que a salva por muitos anos é a sua inteligência para negócios, que a deixa rica e consegue assim ajudar a toda a família após a abolição da escravatura.

Esse livro me despertou tantos sentimentos que é impossível enumerá-los,pois o lado histórico é super interessante,as relações familiares são intrincadas e muito críveis,que resultam em um envolvimento profundo do leitor,e a história de Vitória é muito triste,e linda ao mesmo tempo,pois quando chegamos ao final é como se encontrássemos o nosso final feliz,tanto é a torcida pela personagem que passa por diversas agruras durante toda a história.

Recomendo o livro a todos que amam um bom romance, e mais, aos que querem ler uma história intrigante e completa.

 

Livro gentilmente cedido para resenha pelo

grupo pensamento

 

 

 

Bianca Benitez height=

Quem Escreve

Bianca Benitez 36 anos,técnica de enfermagem,cursando Letras,mãe e faz malabarismo para ler no intervalo disso tudo.Apaixonada por literatura erótica,históricos e chick Lit.

 

assinatura.fw

Comentários

  1. Olha eu sinceramente devo confessar que até hoje eu não li nenhum livro de Romance Histórico embora eu tenho 2 livros na estante da Editora Arqueiro, mas eu gostei bastante do que a história propõe. Fiquei bastante interessada pelo livro, mas eu estou no momento de Romance mais fofo sabe? Chick-lit pra falar a verdade. Mas assim que eu puder eu vou dar uma chance para os romances históricos, porque eu ainda não tive chance de ler, embora todos tem comentado muito bem das obras que tem saido pelas editoras. Enfim…Parabéns pela sua resenha. Muito boa. Tanto que até me convenceu.

    Se cuida linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    Reply
  2. Sinceramente, não gostei da capa!
    Parece mais um cartaz….
    Mas depois de ler a sinopse eu daria uma chance ao livro!

    Adoro romances de época! Ainda mais os que falam sobre a vida e a luta dos escravos.

    Com certeza agora ele vai para os desejados! ^^

    Beijokinhas!

    Reply
  3. Oi Bia!

    Sabe… Essa capa não me cativou!
    Mas depois de ler a sinopse, acho que daria uma chance ao livro!
    Adoro histórias de época!
    Ainda mais as que citam a luta dos escravos.

    Com certeza agora ele vai para os desejados! ^^

    Beijokas!

    Reply
  4. A capa me decepcionou um pouco, acho que se eu só tivesse visto na livraria eu passaria reto, pois não tem nenhum elemento ali que chame a minha atenção, mas como gostei bastante da tua resenha e ela foi muito útil para que eu pudesse compreender sobre o que o livro retrata, já que a capa passou batido, vou coloca-lo na lista de futuras leituras com certeza

    bjs❤

    Reply
  5. Oi, Bianca-flor!
    Menina, que livro, hein? Eu estava à procura de um romance histórico nacional que não tivesse incoerências, sabe? Aquele tipo de incoerência da autora em colocar como protagonista uma mulher moderna, à frente do seu tempo, naquela época. Acho que isso não casaria. O mais legal é manter a verossimilhança, apresentando as dificuldades que mulheres e homens tinham pela noção de moralidade e todo o contexto serem diferentes dos de hoje em dia.
    Anotei a dica e pretendo conhecer esse livro! Pareceu-me um verdadeiro achado!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    Reply
  6. Olá

    Como é prazeroso ler resenhas de livros nacionais que possuam uma idéia diferente e que são bem aceitos pelos blogueiros. Parece ser uma leitura envolvente, intensa, um turbilhão de sentimentos que conquista o leitor. Parabéns pela resenha.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    Reply
  7. Oi, Bia!
    Tudo bem linda?

    Nossa com esta capa eu passaria longe do livro. Não sou especialista em capas, mas..
    Bom, não daria nada pelo livro, mas depois de sua resenha mega legal eu com toda certeza vou dá uma chance ao livro quando puder. Gosto de livros históricos, pois através deles eu passei a conhecer muitos fatos da nossa sociedade.

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    Reply
  8. Oi Bianca,
    Tudo bem?
    Já li uma trama com um conteúdo parecido chamado “Barões e Escravos do Café – Uma história privada do Vale do Paraíba” – indico 😉
    Eu adoro livros que envolvem romance e fatos históricos e com certeza este será um dos próximos livros que irei ler! Muito obrigada pela dica!
    bjs

    Reply
  9. Oi, Bianca, tudo bem? Pessoalmente não gostei da capa, parece que abriga um daqueles romances super melosos, mas a sinopse e sua resenha mudaram essa minha impressão. Adoro histórias que têm como pano de fundo fatos históricos, pois nos ajudam a compreender, através da ficção, as transformações pelas quais nossa sociedade passou ao longo dos anos. Vai entrar na minha lista de livros a ler.
    Parabéns pelo blog!
    Bjocas

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *