Back to top

Ovelha Negra de Georgette Heyer – Semana de Resenhas Record #5

ovelha negra

 

Edição: 1
Editora: Record
ISBN: 8501077348
Ano: 2010
Páginas: 294
Tradutor: Ana luiza Borges

Sinopse

A rica Abigail Wendover, solteira aos 28 anos, ocupa seu tempo com as obrigaçõs sociais. Sua mais nova preocupação é a paixão da sobrinha Fanny pelo belo mas interesseiro Stacy Calverleigh. Para pretogê-la, Abby procura Sr. Calverleigh. Acaba encontrando, porém, o tio de Stacy, Miles – a ovelha negra da família. Ele fez fortuna na Índia, mas é repudiado pela ‘boa sociedade’ devido a um antigo escândalo. O encontro dará início a um mútuo encantamento.

Página no Skoob

 

Impressões por Bianca Benitez

A senhorita Abigail Wendover é uma solteirona de 28 anos,mora em Bath com sua irmã mais velha e também solteira Selina e sua sobrinha Fanny,que foi confiada a seus cuidados por seu irmão James,sempre foi inteligente e com uma língua afiada,desafia  sua família sempre que se sente provocada,mas por ter uma reputação ilibada e ser  da nobreza,se sente obrigada a respeitas algumas convenções da época,pois é altamente respeitada por seus pares na sociedade e ainda tem um insistente mas enfadonho e rico  pretendente,mas não pensa em se casar.

Suas preocupações estão voltadas para Fanny,que ainda não debutou na sociedade,mas frequenta alguns bailes em Bath e com 15 anos já tem alguns pretendentes e o preferido dela é o Sr Stacy Caverleight,um conhecido caça dotes,mas extremamente charmoso e ninguém consegue demover Fanny de que seu sentimento por ele não passa de uma paixonite imprudente.

 

Abby,ás  vezes me pergunto se nossos pais não estavam certos ao nos proibirem de ler romances! Tudo isso é culpa das bibliotecas que emprestam livros!”

 

 

Com tantos problemas rondando sua cabeça ela não esperava conhecer o tio de Stacy,que quer a qualquer custo se casar com sua sobrinha somente claro,por sua riqueza,o Sr Miles Caverleight e ele é uma figura peculiar,nada dado as convenções da época,não tem nenhum laço com seu sobrinho e não se ressente nadinha por isso e tem a língua tão afiada quanto Abby,além de ser extremamente inteligente e desafiador o que encanta a encanta imediatamente e ela pede a ele que o ajude a afastar seu sobrinho de Fanny,ele aceita,mas o envolvimento dos dois vai ser muito maior do que eles imaginam.

 

Não levou muito tempo para a Srta Abigail Wendover,que não era do tipo de iludir  a si própria,perceber que se sentia sentia estranhamente atraída pelo abominável Sr Miles Caverleigh.”

 

Já li em algumas resenhas que a autora é intitulada como a Jane Austen contemporânea e por mais que eu tenha gostado do livro,ainda prefiro a nossa querida Jane.

Romance histórico muito bem escrito,ambientado em Bath com todos os costumes da Inglaterra do século XIX muito bem descritos e com riqueza de detalhes em relação ao comportamento e vestimentas.

Abby é a protagonista que começamos a amar logo no início do livro,pois é engraçada,inteligente e com um gênio muito forte além de saber muito bem o que quer para sua vida,bem a frente de seu tempo,assim como as protagonista de Miss Austen,mas confesso que achei a narrativa  muito rebuscada e tediosa em algumas passagens.

Os melhores momentos do livro são as conversas,ou debates entre Abby e Miles,que são engraçados demais e acabam te prendendo a leitura esperando o momento em que eles irão se encontrar,ele um protagonista intitulado como Ovelha Negra,foi exilado na Índia a 20 anos atrás e retorna agora com o Sr Oliver Grayshott,que está doente e acaba conquistando a todos em Bath com sua boa ação,mas esconde muitos segredos.

O romance deles acaba ficando muito em segundo plano a meu ver e poderia ser mais explorado,pois são os personagens mais cativantes do livro.

Eu sempre vou amar os romances de época,e gostei bastante deste,mas no final fiquei com aquela sensação de algo estava faltando,mesmo sendo engraçado e bem escrito,realmente algum elemento ficou faltando para que a narrativa me fizesse suspirar.

Esperava um pouco mais,mas valeu a leitura e indico o livro às fãs do gênero.

 

semana de resenhas record

 

Essa resenha faz parte do Projeto Semana de Resenhas Record, e tem como blogs participantes os abaixo relacionados:
maisblog_c6bea18f4e13b8fd9d14a4758ef6d9311346198594

 

Comentários

  1. Bem, bem, bem, mas um delicinha de indicaçãoné Biazinha. Esse estou de olho nele, há algum tempo, mas não comprei. Amanhã irei ao centro que sabe não o encontro perdido na banca da Record. Linda resenha, gostei muito.

    Reply
  2. Fiquei meio mucha agora… kkkkkkkkkk
    Sempre criei grandes expectativas com essa autora, por ela escrever romances históricos, mas pelo que vc falou, ela passa longe de ter uma pegada forte com as que costumamos gostar. Vou ler ainda, mas vou deixar para uma ocasião no futuro. Bem no futuro na verdade.

    Reply
  3. Oi amiga, eu não conhecia esta autora e nem sabia que era da Record, e eu gostei muito da sinopse e do enredo em si, gostaria de ler este livro..
    Parabéns pela resenha..

    Beijos Mila

    Reply
    1. Como li tantos elogios a autora e vi que tanto aqui quanto no exterior ela é comparada a Jane Austen fui com muita sede ao pote e achei que iria cair de amores,mas me decepcionei um pouquinho sim… sabe quando falta alguma coisa??? foi assim comigo.. mas gostei de ter lido,romance histórico sempre tem um que de imperdível!!!!!

      bjssss

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *