Back to top

Comemoração do 173° aniversário de Machado de Assis e Dia Internacional de Contação de História

Joaquim Maria Machado de Assis, cronista, contista, dramaturgo, jornalista, poeta, novelista, romancista, crítico e ensaísta, nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 21 de junho de 1839. Filho de um operário mestiço de negro e português, Francisco José de Assis, e de D. Maria Leopoldina Machado de Assis, aquele que viria a tornar-se o maior escritor do país e um mestre da língua,foi vítima de preconceito por ser mulato.

Na infância, estudou numa escola pública durante o primário e aprendeu francês e latim. Trabalhou como aprendiz de tipógrafo, foi revisor e funcionário público.

Publicou seu primeiro poema intitulado Ela, na revista Marmota Fluminense. Trabalhou como colaborador de algumas revistas e jornais do Rio de Janeiro. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de letras e seu primeiro presidente.

Podemos dividir as obras de Machado de Assis em duas fases: Na primeira fase (fase romântica) os personagens de suas obras possuem características românticas, sendo o amor e os relacionamentos amorosos os principais temas de seus livros. Desta fase podemos destacar as seguintes obras: Ressurreição (1872), seu primeiro livro, A Mão e a Luva (1874), Helena (1876) e Iaiá Garcia (1878).

Na Segunda Fase ( fase realista ), Machado de Assis abre espaços para as questões psicológicas dos personagens. É a fase em que o autor retrata muito bem as características do realismo literário. Machado de Assis faz uma análise profunda e realista do ser humano, destacando suas vontades, necessidades, defeitos e qualidades. Nesta fase destaca-se as seguintes obras: Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881), Quincas Borba (1892), Dom Casmurro (1900) e Memorial de Aires (1908).

Machado de Assis também escreveu contos, tais como: Missa do Galo, O Espelho e O Alienista. Escreveu diversos poemas, crônicas sobre o cotidiano, peças de teatro, críticas literárias e teatrais.

Machado de Assis morreu de câncer, em sua cidade natal, no ano de 1908.

 

 

E hoje comemoramos também o Dia Internacional de Contação de Histórias !!!!

A RIC (Red Internacional de Cuentacuentos), uma rede internacional de contadores de histórias, institui o dia 21 de junho como o dia mundial de se contar histórias para mudar o mundo.

Este projeto nasceu com o desejo de intervir em nome de todos os que sofrem alguma forma de discriminação em todo o mundo e combater as violações dos direitos humanos, marginalização, e preconceito.
O objetivo é que todas as vozes tornem-se visíveis através da palavra falada ou celebrações escritas.
Site: RIC (Red Internacional de Cuentacuentos)

 

Dia com muito a se comemorar,peguem seus livros de Machado de Assis da estante e tirem a poeira,aproveitem e contem um pouco da história para seus filhos e netos.

 

 

Qual seu livro preferido de Machado de Assis ?? Conta para gente.

Comentários

  1. Dá muito orgulho ter um escritor brasileiro tão maravilhoso quanto Machado, sua obra é super atual e sua escrita absolutamente impecável. Goato muito dos contos mas minha obra favorita é O Alienista. Crítica à sociedade e à medicina, livro de poucas páginas mas um excelente exemplo do gênio de Machado.

    Reply
  2. Oi pessoal, que alegria poder comemorar mais um anivesário do nosso querido e ilustríssimo Machado.
    E pra completar a festa ainda temos que dar vivas ao dia Mundial de Contação de Histórias…
    Eu adoro ler e justamente incentivo o meu filho a gostar tmbm. Somos apaixonados por livros e estamos sempre lendo juntos alguma coisa.
    Sobre o Machado, eu detestava o livro Dom Casmurro desde o colegial, mas acredito que depois que fiz a facu e conheci os contos maravilhosos dele, fiquei encanda.
    Claro que tive que pelo menos tolerar o Dom, por ter que passar um semestre inteiro estudando a obra, mas conhecer e aprender a gostar do conto Missa do Galo, foi totalmente novo. Adorooo este conto do Machado e fico dividida entre ele e A Cartomante.
    Quem não conhece o Machado, vale muito a pena conhecê-lo e quem sabe aproveitao o dia maravilhoso pra prestigiar este escritor imortal!
    Bjus

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *