Back to top

Butterfly de Kathyn Harvey-Resenha

Butterfly

butterfly

Edição: 1
Editora: Universo dos livros
ISBN: 9788579303494
Ano: 2012
Páginas: 520
Tradutor: Cristina Calderini Tognelli

 
Sinopse: 
No andar de cima de uma loja exclusivamente masculina na Rodeo Drive existe um clube privado chamado Butterfly, um espaço em que as mulheres são livres para expressar suas fantasias eróticas mais secretas. Somente as mulheres mais belas e poderosas de Beverly Hills são convidadas a entrar: Jessica, uma advogada que suspira pela época em que os homens eram machos e as mulheres satisfaziam seus prazeres; Trudie, uma construtora que quer um homem que a desafie, em todos os sentidos e sem tabus; e Linda, uma cirurgiã que usa máscaras para desmascarar os desejos que esconde até de si mesma. Contudo, a mais misteriosa de todas as mulheres é a que criou o Butterfly. Ela mudou o nome, o sotaque, até mesmo o rosto para esconder sua verdadeira identidade. E agora está prestes a revelar seu passado para concretizar a obsessão secreta que a levará além do êxtase.

 

Impressões por Eliane  Teixeira

Ao ler o primeiro livro da Trilogia de Kathryn Harvey,fiquei impressionada pela maneira como foi narrada a história,o livro foi lançado somente  agora no Brasil e desde a década de noventa nos EUA ,aproveitando o gancho da autora. E.L.James e a onda de romances eróticos para lançá-lo.

O livro é muito bom,bem dosado,bem escrito,com um pouco de corrupção,erotismo,fantasia e fofoca.

Podemos ver no decorrer da história o trabalho perfeito da autora em pesquisar os fatos narrados ,com descrição dos personagens vivendo no passado,ela mescla o passado e o presente de modo natural,nos envolvendo com os personagens.

Ela mistura fatos históricos importantes,como o assassinato do Presidente John F. Kennedy com assuntos atuais.Essa narrativa que começa no presente vai se intercalando com o passado,explicando o porquê dos acontecimentos que afetam o presente.

A trama é bem interessante abordando a prostituição vivenciada pela personagem principal, Rachel,a religião como busca para ascensão social,a forma como ela narra o estupro de uma forma tão real que nos impulsiona na leitura.

O livro teve uma divulgação voltada para o erotismo,mas me deparei com um tema e leitura bem mais profundos.

A autora apresenta outros personagens secundários que fazem parte da história ,e eles são  imprescindíveis para o desenvolvimento da trama,contribuindo para as cenas mais eróticas da trama.

Li diversos livros que abordam o tema,mas em Butterfly,a autora dosou as cenas de  erotismo junto com a intrincada trama ,não deixando nada escondido.

Gostei da história que foi desenvolvida,o perfil de cada personagem,fazendo conhecer cada passo dado por eles,o que me decepcionou foi o final da personagem principal,mesmo assim recomendo o livro.

Site oficial da autora ( Kathyn Harvey foi o pseudônimo que a autora usou para escrever somente Butterfly) : www.barbarawood.com

 

Livro lançado no Brasil pela Editora Universo dos Livros

 

maisblog_a84e9d4a7d023dc1928b43a600c8429e1346198727

Comentários

  1. Comecei a ler esse livro meio que obrigada, por ser o livro do mês no TBR Jar de um grupo que participo. Ele me deu a ideia, pela capa e sinopse, de que seria uma hot total e eu não costumo gostar de hots.

    Qual não foi a minha surpresa ao ser apresentada a um livro com uma história envolvente e conteúdo para debate!!! Amei! A sinopse definitivamente não faz jus a ele, entretanto, e por isso também escrevi uma resenha no blog do conchego.

    Não, eu não errei o nome do blog…É Conchego mesmo… de acordo com o dicionário, conchego vem do verbo conchegar que é uma variação sinônima do verbo aconchegar. Logo, conchego=aconchego, mas sem o a.rs.

    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/04/resenha-butterfly.html

    Reply
  2. Ganhei esse livro de presente há pouco mais de um ano (nunca tinha ouvido falar dele) e quando li a sinopse pensei “ihh…mais um no estilo 50 tons, não aguento”. Foi lá para o final da minha fila. Um ano depois eis que leio o livro e me surpreendi positivamente!! Como já foi muito bem colocado aqui, na verdade ele não é um livro erótico, embora exista erotismo nele sim; porém há uma boa história por trás, e tudo é muito bem construído e dosado. Leiam, vocês não vão se arrepender.

    Reply
  3. Para mim este livro foi um choque de tão bom, intenso, único, absolutamente profundo. A cada capitulo um choque na alma. Restaurou minha esperança na criatividade humana atual. Danny Mackay, caramba! Me lembrou Edir Macedo.

    Reply
  4. Caraca, vocês querem me matar né? Eu sem dinhheiro, não podendo comprar nem um alfinete e Dona Eliane me faz um resenha maravilhosa dessa? Sacanagem com a minha pessoa…

    Reply
  5. Me apaixonei por este livro logo pela capa.
    Aí veio a sinopse e pronto, já quis ler! Mas ainda não tive a oportunidade e é a primeira resenha que vejo dele.
    Gostei do teu ponto de vista e dos seus comentários. É sempre bom ler algo que mistura todos esses temas, por vezes tão polêmicos ou mal abordados, e ter uma boa trama com isso.
    Fico agora com o desejo de tê-lo em mãos. haha

    Beijos

    Danni
    http://www.garotaselivros.com/

    Reply
  6. Eliane, bela resenha…
    Eu já tinha me interessado pela capa ~belíssima~ desse livro, mas ainda não tinha lido qualquer resenha, nem mesmo a sinopse. Após ler sua resenha, confesso que fiquei ainda mais interessada.
    Bjssss

    Reply
  7. Sigo a linha de pensamentos da Gaby, já me falaram que é muito bom, mas vou esperar um pouco, sinceramente com essas ondas de eróticos em demasia, perdi um pouco a vontade de ler os outros, é bom ler outros gêneros do que só ficar lendo do mesmo.

    Mas estou doida por uma epidemia de romances históricos, com muito romance, e sem violência e perversão.

    Reply
  8. Com a onde de erotismo nos livros, (que virou moda), é bom saber que existe um livro que vai muito além. É bom conhecer mais uma obra que nos deixa ansiosos e intricados.
    Ótima resenha, vamos adicionar na estante?? rsrs
    Quero ver se darei conta disso tudo!
    Bjos
    Ni
    Cia do Leitor

    Reply
  9. sei que não se deve julgar um livro pela capa mas esta chamou bastante minha atenção!e só pela capa este livro já estava na minha “listinha” de desejados,agora com a sua resenha vi que vale a pena comprar nã apenas pela “aparência”,rs 😉

    Reply
  10. Acho a capa desse livro belíssima. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele. Deixei de comprá-lo por diversas vezes, e mesmo você falando que gostou do livro, continuo na duvida se compro ou não. Gostei da sua resenha, e baseada nela vou pensar com carinho em relação ao livro. bju
    Eykler

    Reply
  11. Conclui a leitura de Butterfly ontem, e digo que me surpreendi, quando se lê a sinopse ,espera – se que seja mais um livro erótico , porem já nos primeiros capítulos vemos o contrario , existe o erotismo, mais ele é bem trabalhado ,tendo influencia na vida dos personagens. Alem da passagem do tempo ,a autora se preocupou em mostrar fatos verídicos , e não só a fantasia dos personagens ,me pergunto se ela se baseou em alguém !!

    Bia sua resenha esta excelente, realmente também achei isso do livro é uma leitura bem mais profunda do que se sugere .
    bjss

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *