Back to top

Amante Renascido de J. R. Ward – Resenha

Amante Renascido

amante-renascido

Edição: 1
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 9788579303487
Ano: 2012
Páginas: 704

Sinopse

Das sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma furiosa guerra entre vampiros e seus assassinos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça. Desde a morte de sua shellan, Tohrment tornou-se irreconhecível. Fisicamente abalado e com o coração partido, ele é levado de volta para a Irmandade pelo anjo Lassiter. Agora, lutando com uma fúria implacável, ele está preparado para enfrentar outra tragédia. Ao descobrir que sua amada está presa em um submundo frio e isolado, Tohr procura o anjo na esperança de salvá-la. No entanto, quando Lassiter lhe diz que ele precisa aprender a amar outra fêmea para libertar sua antiga parceira, Tohr percebe que eles estão condenados. Mas ele não esperava que uma mulher intrigante e sexy começasse a mexer co seus instintos adormecidos. Em meio a uma guerra violenta contra os redutores e um novo clã de vampiros competindo pelo trono do Rei Cego, Tohr divide-se entre o amor antigo e um futuro arrebatador. Será que ele se entregará a essa nova paixão e conseguirá libertar a todos?

Página no Skoob

Impressões por Bianca Benitez

E enfim temos o livro do Tohr,guerreiro que já conhecia as maravilhas do amor e de estar vinculado,o mais centrado,era o mais sábio depois do Rei,o líder,esteio da irmandade,isso antes de conhecer o inferno de ter sua shellan assassinada por redutores e fugir,sumiu por não aguentar a dor  e tenta se matar de inanição.

“Quando fechou os olhos,John viu a loucura no rosto de Tohr enquanto o irmão atacava o redutor.

Sim,pensou,ele agora sabia até os ossos exatamente como Tohr se sentia.

O inferno na terra forçava um macho a fazer um monte de merda.”

O guerreiro já havia sido resgatado pelo anjo Lassiter,mas estava longe de estar a salvo,não mesmo,era uma bomba relógio,se jogando na luta noite após noite,mais morto do que vivo se prendendo a cada lembrança de sua shellan morta,o que ele não sabia é que com esse comportamento  deixava Welsie presa no limbo,sofrendo,cinza e se desfazendo.

Lassiter o resgatou por esse motivo,para guiá-lo na jornada de transformação e libertação do guerreiro que seria também o passaporte da Welsie e seu filho para o Fade,mas os dois não sabem muito bem o que estão fazendo e quando olhares são trocados veladamente entre Tohr e No’One,o anjo acha que esse é o caminho e convence Tohr,que já sente algum tipo de atração pela fêmea,que se eles se envolverem sua shellan será libertada,mas orgasmos,sessões de sexo e alimentação só mudam o guerreiro externamente,seu físico.Ele usa No’One  por amor a Welsie,e mesmo ela sabendo disso aceita,pois se acha indigna de ser amada por um macho tão honrado e que o sexo e o prazer que ele dá a ela são muito mais do que ela merece.

No’One se punia do outro lado,sendo empregada das escolhidas e continua se punindo aqui,trabalhando quando todos dizem que ela não precisa,se entregando a Tohr  dia após dia  mesmo sabendo que a mente e o coração do guerreiro estão com sua shellan morta.

” – Pare – a voz de Xhex estava tensa.-Por favor,apenas pare.

– …eu errei ao ter virado minhas costas para você.Foi errado de minha parte esperar tanto tempo.Errei em tudo,mas…- ela bateu o pé. – Esta noite eu assumo todos os meus erros,para que eu possa lhe entregar meu amor,independentemente de quão imperfeito e indesejado ele seja.Eu não mereço ser sua mãe ou chamá-la de filha,mas talvez possamos formar uma espécie de amizade…..Mas saiba que estou aqui,com meu coração e mente abertos,para descobrir mais sobre quem você é e o que você é.”

O bando dos bastardos tem bastante destaque durante a narrativa,Xcor tem fome de poder e manobra a Glymera para ter apoio deles,após tentar contra a vida do Rei,fato que coloca um alvo enorme em suas costas.

Como em todos os livros da Ward somos apresentados e seguimos o desenvolvimento  de vários personagens,não só os centrais e vou ser sincera,as vezes acho esse recurso um pouco chato,pois quando está no clímax de uma cena,você é obrigada a ler sobre outros personagens e esperar a autora voltar ao que você estava doida para ler.Neste livro conhecemos Assail,vampiro que chegou do antigo mundo disposto a tomar o lugar de Revh no tráfico de drogas e ele tem papel importante durante a narrativa,já os redutores tem um papel bem secundário e quase não aparecem durante o livro,pois o inimigo é outro desta vez,quando não o bando de Xcor,são as próprias atitudes e decisões  que levam ao sofrimento,é assim quando John decide proibir Xhex de lutar e eles acabavam separados,ou quando Tohr  que achava que se envolver sexualmente  com No’One seria só sexo e ele teria tudo o que mais queria.

“Ele estava pronto para que alguma coisa,para que qualquer coisa,invadisse seu peito:desespero,fúria,frustração.

Tudo o que sentiu foi a sensação de que o que acabara de acontecer era um começo,e não um fim.”

A narrativa percorre o doloroso caminho do luto para pai e filho,hoje após ler o livro entendo o tão criticado 1° título lançado pela Editora Universo dos Livros,Amante Renascida,apesar do foco nunca ser a amante e sim o guerreiro,No’One renasce de várias formas,como mulher,.mãe e renasce de si mesmo acabando com o ciclo punitivo que se auto infligia.

“Quando ele assentiu solenemente,ela o envolveu em seus braços e o segurou firme.Ser nomeada era ser reivindicada,e aquilo a fez sentir-se renovada e …renascida.”

Tohr apesar de todo sofrimento também é um irmão,um guerreiro,um macho de valor e as cenas de sexo não deixam nada a dever aos outros livros e são tão enlouquecedoras quanto em todos os outros e o leitor consegue acompanhar os estágio de entrega e rendição dos dois amantes através da intimidade,em certos momentos senti um pouco de raiva do guerreiro,mas ele percorreu um árduo e difícil caminho que culmina em libertação,dele,de Welsie,No’One e de Lassiter,mas como a Ward  sempre nos reserva  surpresas,quando Tohr  enfim consegue se libertar do sentimento por sua shellan morta,o anjo percebe que há algo errado e o guerreiro poderá sofrer mais uma perda,mas o anjo não é mais o mesmo egoísta que encontrou com ele na caverna,ele também foi transformado durante a jornada e fará de tudo para que Tohr tenha o seu final feliz,pois ele agora se importa com o casal de verdade.

A autora prepara os fãs da série para o próximo livro,Lover At Last,onde Blay e Qhuinn irão ou não se entender após o segundo quase morrer e o primeiro se morder de ciúmes dele.Durante a cerimônia do Fade os dois estão com os sentimentos  a flor da pele  e não há mais como represá-los,nenhum dos dois quer mais recuar,eles estão prontos para o futuro??? Só a Ward sabe!!!!

Como deveria,mais um livro emocionante,com muita dor,lutas,sexo,sofrimento e um pouco mais da vida emocional dos guerreiros que tanto amamos,valeu a pena esperar por Amante Renascido e ver a luz voltar a vida do guerreiro tão honrado que é Tohr,ver vários problemas  pessoais dele e de outros irmãos enfim resolvidos neste livro.

Agora nos resta segurar a ansiedade pelo próximo volume dessa série que não cansamos de amar!!!!

Este blog é um dos moderadores do

cladasamantes

Resenha feita em parceria com Editora Universo dos Livros

Comentem muito!!!

maisblog_c6bea18f4e13b8fd9d14a4758ef6d9311346198594

Comentários

  1. Bem, que dizer…o thorment é delícia pura. tão intenso, tão gostoso, tão macho, quanto mais eu leio mais eu gosto. dos irmãos o thorment foi o que menos me empolgou achava ele muito chato, mas depois desse livro que se tornou um dos meus favoritos eu mudei de opnião com certeza. amei a autum…e não ache a história de todo ruim…..recomeços são sempre emocionantes….a unica história que eu nunca vou engolir e pela qual eu socaria o nariz da warden até o sangue descer e´a do vishous com a jane. porra porra e mais porra…..ele não merecia isso. foi ridículo. seria melhor se ele e não a payne mantivesse a vaca humana eternamente jovem….em vez de fantasma. tudo bem a jane é ótima como pessoa…mas não pro V….pro meu V nunca. ele merecia um romance melhor. resumindo…o butch é meu favorito de longe….amooooo aquele peste….adolo o meu V….ai se eu pudesse entrar no livro….kkkkkk….adoro o rhage o phury apesar de achar que a warden cagou o livro dele tambem….adoro o lassiter….e todos eles…amo a relação dos gêmeos muiro fofo….adoro as shellans….menos a jane….e cara é isso….thorment no café da manhã, no lanche matinal, no almoço , no lanche da tarde, no jantar, na ceia….thorment seeeeempreeeeee…..

    Reply
    1. Oi Marcela,o Irmandade deixa a gente muito apaixonada e empolgada por esses guerreiros. Eu concordo com você em relação ao V,ele não merecia uma shellan fantasminha,e também adoro ele,e o Rhage,e o rei,mas meu favorito é o Revh <3

      Obrigada pela visita.

      Reply
  2. Nunca senti tanto nojo de um dos livros da Ward… Para mim, eu que por saber da morte da Wellsie e por estar desolada me mantive afastada durante tanto tempo, voltar a ler e ficar sabendo que ela não voltaria. Me deu nauseas.

    Reply
    1. Eu pulei vários livros só pra ler esse e ver como a Wellsie voltaria… e qnd percebi que ela não voltaria e ainda por cima o Thor teria outra shellen eu desisti da historia!!! :(( E convenhamos, foi muio rápida a superação do Thor, mesmo tendo se passado anos, sendo que eles vivem milhares deles… VOLTA WELLSIE!!! ps. ela deveria voltar só pra saber como seria a reação do Tohr…hehehe

      Reply
  3. Mais tu já tá nesse livro amiga¿
    Meu deus e eu só li o primeiro.. Ótima resenha, eu acho essa capa linda e ler sua resenha me deu uma vontade de pega r o livro 2 pra ler.. ^^
    Bjs mila

    Reply
  4. Resenha maravilhosa Bianca! Este livro é realmente lindo! Na minha opinião está entre os melhores desta série! Adorei todo o desenrolar da história e apesar de muitas pessoas não terem gostado do Tohr ficar com a No’One, eu por outro lado gostei muito deles dois juntos. Eu acho que eles já estavam predestinados a ficarem juntos, mas a decisão da No’One de se matar, foi o que atrapalhou tudo. Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Reply
  5. Bia, preciso tomar vergonha na cara e ler IAN logo, porque tenho a impressão de que estou perdendo uma saga maravilhosa. Mas estou numa fase que não posso (e não quero) me deixar consumir por algo tão grandioso assim, porque sei que vou me apaixonar de maneira desmedida.. Aí minha filha, cadê tempo para estudar, trabalhar, sair, comer… kkkkkkkkkkkkk

    Reply
  6. Oi Bianca. Esses vampiros ainda nos matam. Amei sua resenha, o que me faz querer voltar agora para o que estou lendo, Amante Revelado, e ler todos logo, só para chegar no livro do Thor e ver tudo que me espera. Demorei para começar a ler IAN, mas agora que comecei não consigo parar. Apaixonei na série. bjs
    Eykler

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *