Back to top

A Falsa Princesa de Eilis O’Neal – Resenha

 

falsa-princesa

 

Edição: 1
Editora: Farol Literário
ISBN: 9788562525742
Ano: 2013
Páginas: 408
Tradutor: Débora Isidoro

 

Sinopse

Princesa e herdeira do trono de Thorvaldor, Nalia leva uma vida privilegiada na Corte. Mas, logo após seu aniversário de dezesseis anos, ela descobre que é uma falsa princesa e que foi colocada no lugar da verdadeira para protegê-la. Obrigada a deixar o palácio com pouco mais do que suas roupas, a garota, agora chamada de Sinda, terá de abandonar a cidade, seu melhor amigo, Kiernan, e a única vida que ela conhecia. Enviada para viver com a tia no interior, Sinda não se mostra capaz de executar nem a mais simples tarefa. Mas, para sua surpresa, ela descobre que uma intensa e perigosa magia corre por suas veias, e que ela jamais será apenas uma humilde camponesa. Sinda retorna à cidade em busca de respostas. Reencontra o garoto que se recusou a abandoná-la e desvenda segredos que podem mudar a história de Thorvaldor para sempre. Com uma trama surpreendente e uma aventura de tirar o fôlego, A falsa princesa é um grande romance de fantasia e uma história que encantará os leitores.

Página no Skoob

Página no Orelha de Livro

Adquira o seu Saraiva  Cultura

 

Impressões por Bianca Benitez

Nalia é a princesa de Thorvaldor,mas ela não se encaixa no palácio,nem na vida de princesa pois é desastrada e não tem o brilho e o traquejo que deveria ter,aos 17 anos anos sua vida só não é mais solitária porque ela tem Kiernan,amigo que sempre está com ela em todos os momentos,em todas as aventuras.

 

Mas em dia ensolarado em que ela e Kiernan estavam tentando desvendar os mistérios do mapa do rei Kilman,ela é chamada pelo rei para um anúncio que mudará drasticamente sua vida,ela não é quem pensava ser,não é a verdadeira princesa,mas sim filha de um pobre tecelão e que só viveu no castelo por todos esses anos por causa de uma nefasta profecia dos Oráculos,quando a verdadeira princesa nasceu,agora Nalia,que na verdade se chama Sinda precisa se acostumar com sua nova realidade,morar em uma modesta casa com sua tia Varil,aprender a se sustentar e viver sem todas as mordomias,todos os criados do palácio e sem Kiernan.

 

Tentaria construir uma vida ali.Afinal,de que adiantaria fugir quando o que eu realmente queria era fugir de mim mesmo?”

 

Mas Sinda não viverá somente essa reviravolta  em sua vida,pois se ela não se encaixava na vida de princesa,também não se encaixa na vida modesta  de tintureira,após uma desilusão amorosa ela descobre verdadeiramente quem é e vai atrás de sua vida.

O livro tem uma história bem envolvente,com personagens que se descobrem e que vão a luta pelo que querem,aventura,magia e traição são alguns dos elementos que enriquecem a história.

Sinda/Nalia passa de princesa submissa a uma jovem com poder,que sabe o que quer e onde precisa estar,ela vaio amadurecendo durante a história e seu amigo Kiernan está com ela o tempo todo nessa jornada.

A autora nos apresenta personagens bem peculiares e um antagonista misterioso com um plano do mal bem elaborado,dando um toque de mistério a trama,mas um detalhe me incomodou muito durante todo o livro,as extensas descrições de ambientes,sentimentos,as insistentes alusões da protagonista ao tempo para descrever suas emoções,a história é muito boa,te prende ao livro pois o leitor quer saber quem planejou contra o rei e a rainha e fica curioso para conhecer  o teor do plano e quem de fato o colocou em prática,mas algumas partes ficam tediosas pelos detalhes mencionados acima,atrapalha um pouco a leitura,mas não muito.

Livro juvenil,mas agrada a leitores mais maduros também.

Vale a pena conhecer o mundo criado por Eilis O’Neal.

A capa é muito bonita,bem feita ,diagramação simples mas perfeita e sem erros.

 

Resenha em parceria com

farol literario banner

 

Comentários

  1. Oi Bianca,
    tudo bem?
    Já tinha visto essa capa antes por ai e gostei tanto do cordão que aparece na foto, pensei que talvez remetesse a algum fato da história. O que me deixou curiosa. Uma pena o que você falou, sobre a riqueza de detalhes que acarretou a lentidão da trama. Mesmo assim, parece interessante.
    Dica anotada!!!
    beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Reply
  2. Desde que vi esse livro quero lê-lo, mas ainda não li.
    Só fiquei um pouco preocupada com essas extensas citações de sentimentos e detalhes dos lugares, normalmente me entedio muito com isso.

    Reply
  3. Adoro estórias com tema de época, pois sempre tem aquela magia.
    Vi algumas vezes esse livro na livraria, mas nunca parei pra pegar nele e comprar kkkk.
    Adorei a resenha e achei incrível o enredo. Louca pra ler!
    Resenha #121 – Simplesmente Ana – Marina Carvalho.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    Reply
  4. Amei sua resenha… eu adorei a capa..tão fofa….já estou louca pra ler o livro, fiquei com uma dó de Nalia/Syndra ao passar por tudo isso e esse falsos pais, virarem as costas pra ela assim..afff…quero ler, só pra ver se eles terão castigo…srsrs

    Valeu mesmo pela dica, vai pra lista dos desejados urgentemente.

    Bjs

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *